Ford da polícia vai ter motor V12 de 27 litros de um tanque

Meteor Interceptor View Gallery 15 photos

Ford Crown Victoria Police Interceptor passou a dispor de um bloco “Meteor” V12 biturbo de origem Rolls-Royce, desenvolvido durante a Segunda Guerra Mundial.

Há projetos e há projetos. E este é certamente um dos mais tresloucados com que nos cruzámos este ano – e nem sequer vem dos EUA! Neste caso, Daniel Werner, residente na Suécia – um país dos países na vanguarda da mobilidade – brinda-nos com um Ford Crown Victoria Police Interceptor de 2006 importado da Califórnia (EUA) cujo motor original, um V8 4.6 com 223 cv, será substituído por um enorme motor Meteor de 27 litros (esqueçam lá os LS7 da GM…) retirado de um tanque. Este motor foi desenvolvido durante a Segunda Guerra Mundial e utilizado pelo exército britânico nos Challenger, Comet e Centurion até meados da década de 1960. Werner arranjou o motor através de um finlandês que comprou cinquenta unidades deste motor ao exército sueco! O projeto de seu nome “Meteor Interceptor” ainda está em andamento (e muito longe da sua conclusão), mas já dá que falar.

Werner ainda ponderou usar um motor Rolls-Royce Griffon de 37 litros retirado do caça de combate Spitfire, mas optou por um mais “fraquinho” com 27 litros! Segundo palavras do próprio Werner à Road & Track, o objetivo é que o motor, igualmente de origem Rolls-Royce, alcance pelo menos 2500 cv (em vez dos 550/650 cv e 1966 Nm originais), algo que espera alcançar após uma reprogramação e à (diz o próprio…) maior dupla de turbocompressores do mercado. Além disso, as modificações no motor permitirão alcançar 4000 rpm em vez das 3000 rpm originais e para o efeito será também utilizada uma transmissão automática personalizada da Allison. Entre outras coisas, Werner trocou o sistema de ignição magneto por bobinas, entradas em alumínio personalizadas e parafusos de haste mais fortes, cujos dois injetores gigantes possibilitarão fornecer 24 litros (!) de combustível por minuto sem “pestanejar”. Como é evidente, este não será um carro para grandes viagens. O objetivo do criador deste “monstro” será participar em provas de alta velocidade e superar os 321 km/h.

Tal como as imagens documentam, em primeiro lugar foi preciso adaptar a carroçaria de modo a suportar o peso de um motor com estas caraterísticas. Na atualização mais recente do projeto é possível ver o novo filtro de óleo e o sistema de gatilho projetado para controlar a ECU do motor.

 

Deixe uma resposta

*