Novos Citroën C4 e C1 poderão ser “eletrificados”

Novo Citroën C4 será "eletrificado"

Opção híbrida plug-in está na calha para o compacto. O citadino poderá mesmo ser 100% elétrico.

Ao contrário dos rumores que circularam durante algum tempo, a Citroën vai mesmo apostar numa nova geração do C4. Contudo, a nova geração do compacto contará com uma versão totalmente elétrica, em alternativa às motorizações Diesel e a gasolina. A confirmação foi dada pela CEO da marca francesa, Linda Jackson, à Auto Express, que adiantou que o novo modelo, que será feito a partir da mesma plataforma e-CMP, a mesma do DS3 Crossback, “é uma prioridade, dada a força do segmento C”. Os documentos publicados revelam que o novo hatchback terá 4,26 metros de comprimento. O responsável de engenharia da PSA, Gilles Le Borgne, acrescenta que as baterias poderão ter até 60 kWh de capacidade, ou que poderá equivaler a uma autonomia na casa dos 350 km, no ciclo WLTP.

Entretanto, em entrevista à Automotive News Europe durante o Salão de Paris, Linda Jackson disse que é provável que o novo C1 passe a ser elétrico. A CEO da marca francesa justificou que o segmento A está “cada vez mais pequeno em termos de volume, por isso tem de evoluir”. Recorde-se que o C1 é feito em conjunto com o Peugeot 108 e com Toyota Aygo. Acerca da possível continuidade desta joint venture, a Toyota vai dizendo que a decisão só será tomada nos próximos 12 meses. “Todas as partes terão de estar de acordo quanto ao rumo a tomar”, admite Dider Leroy, o chairman da Toyota na Europa. Em complemento, Johan van Zyl, o CEO da marca japonesa no Velho Continente, realçou que o Aygo é um modelo importante, uma vez que é dirigido a um cliente jovem e urbano. Ainda tendo este cliente em mente, Matt Harrison, responsável vendas, disso que está em equação um mini-crossover.

Deixe uma resposta

*