Tesla Model Y anuncia 482 km de autonomia

Tesla Model Y View Gallery 9 photos

SUV de sete lugares chega em 2020, sendo capaz de 0-100 km/h em 3,5 segundos.

A Tesla revelou hoje à noite em Los Angeles num evento especial o novo Model Y, um SUV elétrico de sete lugares que tem chegada prevista para o outono de 2020. Inicialmente estará disponível em três configurações. Na primavera de 2021 chegará a versão base Standard Range, a começar nos 39 mil dólares (34 mil euros) no mercado norte-americano. A versão de acesso aquando do lançamento terá até 482 km de autonomia, anunciando 0-100 km/h em 5,5 segundos e uma velocidade máxima de 209 km/h. O preço arrancará nos 47 mil dólares (41 mil euros). Seguir-se-á a versão Dual Motor AWD (com dois motores e tração integral). Esta terá menos 32 km de autonomia que a anterior, ganhando em performance. Anuncia uma velocidade máxima de 217 km/h, 0-100 km/h em 4,8 segundos e um preço base de 51 mil dólares (45 mil euros). Por fim, a versão Performance anuncia 450 km de autonomia, 241 km/h de velocidade máxima e 0-100 km/h em 3,5 segundos. O preço inicia nos 60 mil euros (53 mil euros). O Model Y é compatível com a nova geração de carregadores Superchargers, suportando carregamentos até 250kW. Neste sistema, o carro consegue carregar o equivalente a 120 km de autonomia em 5 minutos, num rácio de 1600 km/hora. Neste momento a Tesla tem 12 mil Superchargers em todo o mundo, espalhados por 36 países.

O Model Y é cerca de 10% maior do que o Model 3, berlina com a qual partilha a mesma plataforma e cerca de 75% dos componentes. Tem um tamanho próximo do BMW X3 e do Mercedes-Benz GLC. Visualmente, o Model Y segue a mesma linha da berlina Model 3, com faróis de grandes dimensões e um vão dianteiro curto. O formato da traseira aproxima-se mais do SUV maior da gama, o Model X, apesar dos farolins serem mais próximos dos do Model 3. Por dentro, a nova criação da Tesla vem de série com cinco lugares (sendo que haverá uma opção de sete a partir de 2021), adotando o mesmo aspeto minimalista do Model 3. Destaque a para o teto panorâmico em vidro, ecrã tátil central de 15 polegadas e uma mala que pode superar os 1800 litros de capacidade, com a segunda fila de bancos rebatida. O objetivo é ter a funcionalidade de um SUV com o comportamento de um desportivo, com um baixo centro de gravidade e um coeficiente de arrasto de 0.23.

Segundo as estimativas dos responsáveis da empresa liderada por Elon Musk, o Model Y poderá vender mais do que o Model 3 e o Model S juntos. O Model Y já está disponível para pré-encomenda, com um depósito de 2500 dólares (2200 euros). Ainda não se sabe onde será produzido o novo SUV, mas ao que tudo indica poderá ser na Gigafactory, no Nevada (EUA). Para o mercado chinês, o Y será feito em Xangai, numa fábrica que estará concluída no final deste ano.

Deixe uma resposta

*