Primeiro SUV elétrico da Skoda já tem nome

Novo nome do primeiro SUV elétrico da Skoda View Gallery 3 photos

O Enyaq chega em 2021 com 306 cv e mais 500 km de autonomia.

A Skoda confirmou o nome do primeiro SUV elétrico da sua história: Enyaq. Este modelo desenvolvido de raiz como elétrico posicionar-se-á entre o Karoq e o Kodiaq e tem apresentação prevista ainda para este ano e estará à venda em 2021. O seu nome deriva da deusa irlandesa Enya – também nome de uma conhecida cantora que se notabilizou na década de 1980 – que significa “fonte de vida”. Em comunicado, a Skoda explica que o novo modelo começa pela letra E em referência à mobilidade elétrica. Tal como tem sucedido com os outros SUV da marca checa – Kamiq, Karoq e Kodiaq -, acrescenta no final a letra Q. Uma das particularidades deste modelo é que será comercializado no formato SUV convencional e coupé – recorde-se que já existe um Kodiaq GT de formato coupé com motor térmico no mercado chinês.

Este SUV “zero emissões” feito com base na nova plataforma modular específica para modelos elétricos do grupo VW, a MEB, é inspirado no Vision iV concept de 2019. Com dimensões aproximadas às do Kodiaq, o Enyaq será no fundo um “irmão” do VW ID.4 (com cerca de 4,60 metros de comprimento, que se posiciona entre o Tiguan e o Tiguan Allspace). Tal como sucederá com o VW ID.4, este SUV elétrico da Skoda contará com uma versão base com apenas um motor traseiro com bateria de 45 kWh. As restantes versões terão baterias de 58 e 77 kWh. Na sua versão mais potente, o modelo de tração integral (com um motor por cada eixo) contará com 306 cv e mais de 500 km de autonomia (WLTP), anunciando uma capacidade para carregar até 80% da bateria em meia hora.

No interior, prevê-se que o novo modelo se distancie dos atuais modelos, com a adoção de um painel de instrumentos com várias camadas, ecrã central “flutuante” no topo da consola central e um visual predominantemente minimalista. A ausência do habitual túnel central da transmissão permite ganhar maior habitabilidade no interior. Incluirá também um compartimento para dois smartphone poderem ser carregados por indução.

A Skoda prevê ter no mercado pelo menos dez modelos eletrificados da submarca iV até ao final de 2022.

Deixe uma resposta

*