Opel Monza poderá regressar como SUV elétrico

Opel Monza concept de 2013 View Gallery 2 photos

Previsto para 2024, o novo elétrico de referência terá uma versão com cerca de 400 cv.

Entre 1978 e 1986, a Opel produziu o coupé desportivo Monza (derivado do antigo topo de gama Senator). Em 2013, designação regressou na pele de um protótipo de um híbrido plug-in fastback (na imagem principal). Mas aos olhos dos responsáveis da marca de Rüsselsheim, o prestígio desse modelo perdura até aos dias de hoje. Foi por isso que o patrão da Opel, Michael Lohscheller, disse à Auto Motor und Sport que o nome Monza irá regressa à gama. A publicação adianta que este materializar-se-á num novo modelo elétrico de topo com um formato de SUV coupé. Este novo modelo será lançado em 2024 e terá como base a plataforma modular eVMP da PSA, feita a pensar em modelos dos segmentos C e D, com possibilidade de tração dianteira ou integral – que estreará no próximo SUV Peugeot 3008 elétrico, previsto para 2023. O novo Monza terá cerca de 4,90 metros de comprimento e virá equipado com baterias de 60 a 100 kWh, o que permitirá obter autonomia entre 400 e 650 km. Além disso, promete uma versão de topo com cerca de 400 cv.

A Opel prepara-se ainda para apostar num novo mini-SUV elétrico, a lançar no final de 2022. Contudo, isso não significa que a marca alemã irá desistir de ter motores a gasolina e Diesel em várias gamas. No entender de Lohscheller, os motores a combustão perdurarão para lá de 2030.

Deixe uma resposta

*