Mercado automóvel em queda na Europa

Em março de 2018, o número de registo de automóveis novos caiu pela primeira vez desde 2014.

Segundo a ACEA, apesar dos quase 1,8 milhões de novos registos do mês “3”, a quebra face ao ano passado foi de 5,3%. Contudo, apesar da primeira queda mensal do ano, o primeiro trimestre registou uma evolução positiva (com perto de 4,2 milhões de carros novos). Ao nível dos fabricantes, o grupo VW cresceu 0,3% até às 405 mil unidades de passageiros, mas também a PSA (mais 59,7%), Hyundai, Kia e Honda. Em descida estive o grupo Renault (menos 3,2%), Ford, FCA, BMW, Daimler, Toyota, Nissan, Volvo e Jaguar Land Rover.

Em Portugal, em março registou-se uma subida de 7,1%, num total de 27.818 carros, sendo que no primeiro trimestre o crescimento foi de 5,5% (63.139 ao todo). As descidas das vendas no Reino Unido (15,7%), Itália e Alemanha justificam a quebra do Velho Continente. Em contraste, Espanha e França registaram uma subida.

Deixe uma resposta

*