Novo Sandero estreia plataforma CMF na Dacia

A terceira geração do modelo será mostrada no final do próximo, juntamente com o novo Logan. Ambos serão feitos a partir de uma versão de baixo custo da base de origem Renault.

A Dacia está neste momento a ultimar a nova geração da família Sandero, que, segundo a Auto Plus, contará com um visual mais atraente (com formas mais aerodinâmicas) e será feito com base na plataforma CMF-B. O novo modelo, que continuará a contar com a variante mais radical Stepway, será apresentado no final de 2019 em conjunto com o novo Logan. A base do novo carro, que tem chegada prevista ao mercado em 2020, é mais sofisticada e permitirá utilizar tecnologia mais avançada, prevendo ainda a possibilidade de eletrificação parcial ou total. A CMF-B, que fará no Sandero a sua estreia num Dacia, será utilizada noutros modelos da aliança Renault-Nissan mas também em modelos da Mitsubishi.

É importante ressalvar que esta base do projeto do Sandero é uma versão de baixo custo, que receberá a designação CMF-B LS (Low Specifications), de forma a baixar os custos de produção – uma das premissas da marca.

Os motores do novo Sandero deverão ser o tricilíndrico 0.9 TCe e o Diesel 1.5 dCi, sendo praticamente certa a continuidade das opções bi-fuel a GPL.

Deixe uma resposta

*