Nissan deixa de produzir Pulsar

Nissan Pulsar deixou de ser produzido

A fraca prestação de vendas terá ditado o fim do pequeno familiar nipónico.

A Nissan deixou de produzir o Pulsar na sua fábrica em Barcelona. O hatchback nipónico (que ainda está disponível para encomenda no configurador português, devido a unidades em stock) terá sido condenado pela sua fraca prestação comercial e não tem sucessor à vista. Lançado em 2014, o concorrente do VW Golf, entre outros, foi especialmente concebido para a Europa. Recentemente o Pulsar foi alvo de um facelift. Contudo, nunca alcançou os números esperados, o pequeno familiar teve em 2015 a sua melhor prestação com 43.267 unidades vendidas na Europa. Até julho deste ano quedou-se pelas 13.774. Com este formato, a Nissan manterá apenas o elétrico Leaf e o Micra.

Alguns especialistas atribuem o sucesso do SUV Qashqai como um fator de canibalização nas vendas do Pulsar. Há quem também atribua o insucesso do pequeno familiar ao facto de nunca ter tido uma gama de motores mais apelativa, cingindo-se ao Diesel 1.5 dCi de 110 cv (de origem Renault) e ao gasolina 1.2 DIG-T de 115 cv. Mais tarde o 1.6 DIG-T de 190 cv foi lançado nalguns mercados.

Deixe uma resposta

*