Mini clássico está de regresso… como elétrico

Mini clássico regressou sob a forma de elétrico View Gallery 4 photos

Limitada a 100 unidades, esta recriação promete autonomia para 200 km.

O Mini original faz 60 anos e o primeiro Mini elétrico será revelado no final deste ano. Contudo, a Swindon Powertrain, empresa britânica nascida em 1971 especializada em motores, pegou no modelo original, convertendo-o num modelo 100% elétrico. Revelado no London Classic Car Show, o Swind E Classic Mini foi feito com recurso à carroçaria de um Mini original restaurado. Contudo, no lugar do motor surge uma bateria de 24 kWh e um motor elétrico de 108 cv. O construtor diz que o novo Mini elétrico tem autonomia para cerca de 200 km, demorando quatro horas a carregar com um carregador Type 2. Anuncia 0-100 km/h em 9,2 segundos e uma velocidade máxima inferior a 130 km/h. O modelo original que pesava cerca de 720 kg ganha mais 80 kg devido ao peso adicional do motor elétrico e das baterias. A distribuição de peso melhorou face ao Mini clássico, passando de um rácio de 68/32 para 57/43 entre o eixo dianteiro e traseiro, respetivamente. A remoção do depósito de combustível também permitiu mais 200 litros de capacidade na mala.

Além do motor, este Mini elétrico conta mudanças ao nível da suspensão e travões, podendo ser encomendado em seis cores, que incluem tratamento anticorrosivo mais completo. O modelo assinado pela Swindon Powertrain conta de série com tomadas USB, aquecimento do piso, bancos em couro aquecidos, vidros dianteiros elétricos, fecho centralizado e para-brisas aquecidos. Em opção, dispõe de um sistema de infotainment compatível com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto, navegação por satélite, ar condicionado, direção assistida eletricamente, teto de abrir automático em tecido, pintura específica e sistema de carregamento rápido. O revés principal desta recriação é mesmo o preço. Enquanto o modelo original caraterizava-se sobretudo por ser barato, este Mini elétrico começa nas 79 mil libras no mercado britânico (o equivalente a 89 mil euros). Nada barato, tendo em conta que um Tesla Model S começa nos 115 mil euros. Este modelo será construído/transformado em Wiltshire, no Reino Unido, nas instalações na marca, sendo que apenas 100 unidades serão produzidas.

O Mini Classic E foi apresentado à primeira ministra do Reino Unido, Theresa May, durante o congresso mundial Zero Emission. Cada unidade tem a garantia de um ano.

Deixe uma resposta

*