McLaren Senna GTR está pronto

McLaren Senna GTR View Gallery 8 photos

A versão exclusiva para pista tem um motor V8 4.0 bituro a debitar 825 cv e é limitada a 75 unidades.

A McLaren mostrou a versão de produção do Senna GTR, uma variante para pista do supercarro que recebeu o nome do emblemático piloto brasileiro de Fórmula 1. E tal como fazia antever pelo protótipo de 2018, este GTR ainda é mais extremo que o modelo de estrada. Limitado a 75 unidades (de volante à esquerda) – todas já com dono – o Senna GTR custa 1,27 milhões de euros (antes de impostos), sendo que as entregas começam em setembro. Conta com 825 cv e 800 Nm debitados do motor V8 4.0 biturbo. Para conseguir os 25 cv adicionais face ao modelo “road legal”, os engenheiros da marca de Woking prescindiram do catalisador secundário, de modo a reduzir a contrapressão (e o que resulta num som de escape ainda mais agressivo), e mexeram na unidade de controlo do motor.

Em vez das ponteiras de escape laterais, à frente das rodas traseiras, o GTR de produção recorre a uma solução mais convencional igual ao Senna convencional. Além de menos complexa, esta solução possibilita a redução de peso. A carroçaria do modelo de competição de uma via dianteira mais larga. Este GTR tem asas dianteiras mais largas, um lábio dianteiro maior, difusor traseiro específico e asa traseira ativa, tudo em fibra de carbono. O Senna GTR pesa apenas 1188 kg, menos 10 kg que o Senna de estrada – o equivalente a 685 kg/tonelada, o melhor rácio de sempre num modelo da McLaren. O Senna GTR consegue gerar até 1000 kg de força desencente, mais 200 kg que o modelo normal. Devido ao pack aerodinâmico específico, o modelo de pista consegue atingir a mesma “downforce” do Senna normal a uma velocidade 15% inferior.

Uma vez que se trata de um modelo para circuíto, o Senna GTR conta com um sistema de telemetria, comunicação rádio com as boxes, extintor e um compressor, sem prescindir do ar condicionado. Sem ainda divulgar as prestações deste modelo de pista, a McLaren vai afirmando que este é o seu modelo mais rápido de sempre, se excluirmos o carro de Fórmula 1.

Deixe uma resposta

*