Rolls-Royce Cullinan recebe tratamento Black Badge

Rolls-Royce Cullinan Black Badge View Gallery 12 photos

Britânicos dizem que nesta versão tornaram o SUV no mais exclusivo do mercado.

Qualquer Rolls-Royce é um objeto de luxo construído tendo em vista a perfeição. Ainda assim, a marca britânica não estava satisfeita e decidiu criar um departamento que tornasse o exclusivo ainda mais exclusivo, criando a designação Black Badge.

Ora, um ano depois da estreia no segmento dos SUV, a marca sediada em Goodwood aplica esta fórmula ao Cullinan. O motor é o mesmo V12 de 6,75 litros que equipa a versão original, mas agora tornou-se ligeiramente mais “negro” e passa a debitar 592 cavalos e 664 Nm de binário. Conta também com uma suspensão mais dinâmica e ainda com um escape alterado para produzir notas mais graves.

Relativamente aos pormenores, este modelo pode ser personalizado com 44 mil cores, mas é o preto que tem o destaque, sendo constituído por várias camadas de tinta polidas à mão 10 vezes. Todos os detalhes no exterior são agora pretos com um acabamento “gloss”, porém, o maior destaque são as maxilas dos travões pintadas a vermelho – algo inédito, segundo a marca. Já no interior, a marca britânica apetrechou o Cullinan com diversas peças em fibra de carbono e com aplicações em pele amarela que fazem referência ao calor intenso gerado pela fundição de metais preciosos.

A Rolls-Royce acredita que este Black Badge Cullinan é verdadeiramente o SUV mais exclusivo do mercado, este modelo já se encontra à venda, mas a marca não revelou um preço oficial que provavelmente ascenderá a mais de 350 mil euros.

Deixe uma resposta

*