Sucessor do 918 poderá ter motor desenvolvido para F1

Sucessor do 918 poderá ter motor híbrido de origem F1

A Porsche estará a ponderar utilizar uma configuração híbrida ou 100% elétrica.

A mais recente aposta da Porsche nos veículos elétricos, com a introdução do Taycan e a participação na Formula E, faz antever que o futuro da marca passará por uma parcial eletrificação da gama. O futuro hipercarro da marca sediada em Estugarda não será exceção, existindo rumores que levantam a possibilidade de se tornar 100% elétrico. Porém, surgem agora informações publicadas pela Sport Auto de que poderá ser utilizada uma configuração híbrida.

Há cerca de dois anos, a marca começou a desenvolver um motor V6 de 2 litros com tecnologia híbrida para substituir o motor V4 de 2 litros do 919 Hybrid que corria no WEC. Contudo, em 2017, a Porsche decidiu abandonar o seu programa de Endurance e resolveu continuar a desenvolver esse mesmo motor, reduzindo a cilindrada para 1,6 litros de forma a consumar um possível regresso à Formula 1. No entanto, houve alterações nos regulamentos da F1 e a marca alemã desistiu da ideia.

Eis que agora, esse motor V6 de 1.6 possui o potencial para ser instalado num hipercarro da Porsche. Segundo o próprio vice-presidente da Porsche Motorsport, Fritz Enzinger, este motor “seria interessante para um hipercarro”, mas estaria sujeito “a análises quanto à viabilidade da produção em série”. De lembrar que o motor V10 utilizado pelo Carrera GT possui uma história e desenvolvimento semelhantes, sendo um motor inicialmente desenvolvido para um automóvel de competição que acabou a ser utilizado num modelo de estrada.

Deixe uma resposta

*