Ferrari prepara elétrico de tração integral

Ferrari 812 Superfast View Gallery 6 photos

Patentes mostram modelo com quatro motores e até três relações, a lançar em 2025.

Um novo registo de patentes sugere que a Ferrari está a preparar um novo sistema de tração integral para o primeiro modelo elétrico da sua história. O construtor de Maranello prevê que o novo modelo, previsto para 2025, deverá apostar num gran tourer com configuração de 2+2 lugares, no fundo um sucessor do atual topo de gama 812 Superfast (na imagem).

O modelo elétrico conta com um motor em cada roda, permitindo uma enorme agilidade e vectorização de binário. As patentes, descobertas por um utilizador do fórum Taycan EV, descrevem que o modelo “zero emissões” italiano contará com três mudanças (mais uma do que o elétrico da Porsche). É provável que a transmissão seja localizada no eixo traseiro, dando-lhe a responsabilidade de dar um “boost” adicional a velocidades mais elevadas.

Contudo, os desenhos agora tornados públicos dão a entender que existem várias opções em aberto para o primeiro elétrico da marca do Cavallino Rampante – passíveis de serem utilizadas em vários modelos. Numa imagem é possível ver um modelo de dois lugares, com os ocupantes colocados entre ambos os eixos, de modo a conseguir obter uma distribuição de pesos ideal. As imagens colocam cada pack de baterias perto do motor.

Espera-se que o novo modelo elétrico utilize tecnologia já ao serviço do novo SF90, o Ferrari mais potente de sempre, que combina os préstimos de um V8 4.0 biturbo com três motores elétricos para uma potência aproximada de 1000 cv.

Deixe uma resposta

*