Americanos vão fazer Defender com tecnologia Tesla

Teaser do Defender com motor Tesla

Conversão permitirá projetar o clássico 4×4 de 0 a 100 km/h em cinco segundos e ter até 350 de autonomia.

O Land Rover original foi descontinuado em 2016 e até já tem um sucessor disponível. Contudo, os mais saudosistas podem continuar a apreciar o clássico do todo o terreno graças a inúmeras preparações. Uma das mais propostas mais recentes foi anunciada pelos californianos da E.C.D. Automotive Design. Com um historial de preparações do mítico “Landy”, nomeadamente através da inclusão de um motor V8 de origem Chevrolet, agora é a vez da eletrificação. A conversão, que se chamará E-Offroader, utilizará tecnologia de origem Tesla. Neste Defender “zero emissões” o motor elétrico é ligado diretamente à caixa de redutoras, mantendo a tração integral e os eixos rígidos com juntas universais extensíveis (também conhecidas por eixos cardan). Cada metade das baterias da Tesla (100 kWh ao todo – um pack similar aos Model S e Model X) serão distribuídas entre a secção dianteira e traseira da estrutura principal.

Para já, ainda não foram fornecidos muitos dados acerca do projeto. Sabe-se apenas que este Defender elétrico anuncia 0-100 km/h em cinco segundos. O preparador adiantou ainda que as baterias possibilitam até 350 km de autonomia e que carregam 5 horas.

Na agenda deverão estar também mudanças estéticas. A partir da imagem teaser entretanto revelada é percetível ver que este “novo” Defender elétrico terá faróis modificados e uma barra luminosa superior. Aparenta também uma grelha modificada onde se destaca um logótipo com o lettering Defender iluminado. A ECD vai dizendo que todos estes elementos podem ser personalizados individualmente.

Deixe uma resposta

*