Tesla Roadster poderá só chegar em 2022

Protótipo do Tesla Roadster

Elon Musk diz que o desportivo apenas será aposta depois do lançamento do Cybertruck.

O protótipo do novo Tesla Roadster foi revelado em 2018 com a promessa de o início da produção em 2020. Mais tarde, o patrão da marca norte-americana de carros elétricos esclareceu que o desportivo só se materializaria depois do previsto facelift do Model S, agendado para o final deste ano. Contudo, emendado novamente a mão, Elon Musk disse agora que, apesar de já está disponível para pré-reserva, a produção da segunda geração do Roadster só acontecerá depois do arranque do fabrico da pick-up Cybertruck – cujo lançamento está agendado para já para o final do próximo ano. Isto poderá significar que o Roadster chegará na melhor das hipóteses em 2022. Em entrevista ao comediante e apresentador de um conhecido podcast Joe Rogan, Musk não se quis comprometer com uma data, acrescentando que a prioridade será em primeiro lugar o SUV Model Y e também a nova fábrica em Berlim (na Alemanha). Irreverente, como é seu apanágio, e testando a paciência dos que já fizeram a pré-reserva assim como dos investidores, o gestor da Tesla disse que “o Roadster é como se fosse a sobremesa. Temos de ter a carne, batatas e vegetais primeiro”.

O Roadster de quatro lugares foi anunciado em primeira instância ainda no final de 2017 com a promessa de ser o desportivo de produção mais rápido do mundo, com capacidade de fazer 0-100 km/h em 1,9 segundos e de uma velocidade máxima de 402 km/h. Estes serão números supostamente referentes a uma versão base, pois Musk aproveitou a entrevista para reafirmar que continua a estar prevista um pack “SpaceX” que incorpora dez propulsores de foguetão com ar frio. Resta saber se, quer com modo “foguetão” ou não, estes números do Roadster não serão suplantados por outros fabricantes ainda antes da chegada aos primeiros clientes.

Recorde-se que no mês passado, Musk prometeu que a Tesla iria ainda este ano dar novos dados relativamente ao novo Roadster e ao camião Semi.

Deixe uma resposta

*