SEMA cancelado devido à Covid-19

SEMA

Este ano, o maior salão de tuning do mundo não terá público. Mas poderá realizar-se-á na internet.

O SEMA (Specialty Equipment Market Association) é conhecido por não ter carros normais. Desde 1967 recebe preparações, acessórios e equipamentos para automóveis. Mas a edição deste ano do maior salão de tuning do mundo (com realização prevista entre 3 e 7 de novembro, em Las Vegas, EUA) foi cancelada. Motivo: a pandemia do Covid-19. As preocupações relativamente à segurança dos expositores e do público, numa altura que o número de infeções continua a subir em terras do Tio Sam foi o motivo para a organização desistir de realizar o evento no formato tradicional, apesar dos milhares de expositores e participantes registados para a edição deste ano. Esta decisão obrigará a organização a reembolsar os expositores e os visitantes que já tinham comprado bilhete.

Contudo, nem tudo está perdido, subsistindo a possibilidade da realização do SEMA através da internet. Num estudo realizado pela organização, concluiu-se que o público tem interesse na realização de uma versão virtual composta por apresentações em direto. Um formato deste tipo permitiria produzir uma versão mais barata, mais prática do evento, sem “stands”, e em segurança. A confirmar-se esta possibilidade, o SEMA seguirá o formato já assumido pela organização do CES que em janeiro de 2021 fará o evento de tecnologia através de plataformas “online”.

Deixe uma resposta

*