G.P. Portugal F1: Hamilton repete vitória seis meses depois

Hamilton à frente de Verstappen

O britânico da Mercedes triunfou com uma vantagem confortável em relação a Max Verstappen.

Lewis Hamilton venceu o G.P. de Portugal de Fórmula 1 disputado no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão. Neste 97.º triunfo da sua carreira (seis meses depois de ter vencido no nosso país, na época passada) o britânico da Mercedes nem sequer teve uma partida muito feliz – pois partiu do segundo lugar da grelha atrás de Valtteri Bottas (seu colega de equipa) – tendo sido ultrapassado por Max Verstappen (Red Bull) nas voltas iniciais. Contudo, Hamilton nunca perdeu o foco e seguiu no encalço da dupla da frente, acabando por chegar à liderança depois de utilizar o DRS para ultrapassar primeiro Verstappen e depois Bottas. As paragens dos da frente para troca de pneus ainda fizeram com que Sergio Pérez (Red Bull) rolasse na frente durante algum tempo – até o próprio ter sido obrigado a parar. Rapidamente, tudo voltou ao normal com Hamilton, o primeiro piloto este ano a repetir um triunfo num grande prémio, a liderar confortavelmente até ao final da corrida. Verstappen e Bottas terminaram a 29,148 segundos e 33,530 segundos do vencedor – pelo facto de terem parado mais uma vez que o vencedor nas boxes para troca de pneus em busca do ponto extra pela volta mais rápida – com o finlandês a conseguir amealhar o referido ponto. Bottas que, apesar de ter perdido potência nas voltas finais devido a um problema num sensor de temperatura do escape, conseguiu gerir a vantagem que tinha em relação a Pérez.

O quarto lugar foi para Pérez, que ficou à frente de Lando Norris (McLaren). Os restantes lugares pontuáveis foram para Charles Leclerc (Ferrari), Esteban Ocon (Alpine), Fernando Alonso (Alpine) – que fez a sua melhor corrida desde que regressou à F1 -, Daniel Ricciardo (McLaren) – que tinha partido do 16.º lugar da grelha – e para Pierry Gasly (Alpha Tauri) que bateu Carlos Sainz Jr (Ferrari). Kimi Raikkonen (Alfa Romeo) foi o único piloto a abandonar, devido a uma asa dianteira danificada, na sequência de um toque com o seu colega da equipa Antonio Giovinazzi na segunda volta – na primeira e única situação de safety car da corrida.

Classificação:

1             44          Lewis Hamilton MERCEDES         66          1:34:31.421

2             33          Max Verstappen              RED BULL RACING HONDA           66          +29.148s

3             77          Valtteri Bottas   MERCEDES         66          +33.530s

4             11          Sergio Perez       RED BULL RACING HONDA           66          +39.735s

5             4             Lando Norris      MCLAREN MERCEDES    66          +51.369s

6             16          Charles Leclerc  FERRARI              66          +55.781s

7             31          Esteban Ocon    ALPINE RENAULT             66          +63.749s

8             14          Fernando Alonso             ALPINE RENAULT             66          +64.808s

9             3             Daniel Ricciardo              MCLAREN MERCEDES    66          +75.369s

10          10          Pierre Gasly        ALPHATAURI HONDA     66          +76.463s

11          55          Carlos Sainz        FERRARI              66          +78.955s

12          99          Antonio Giovinazzi          ALFA ROMEO RACING FERRARI  65          +1 volta

13          5             Sebastian Vettel              ASTON MARTIN MERCEDES        65          +1 volta

14          18          Lance Stroll        ASTON MARTIN MERCEDES        65          +1 volta

15          22          Yuki Tsunoda     ALPHATAURI HONDA     65          +1 volta

16          63          George Russell  WILLIAMS MERCEDES    65          +1 volta

17          47          Mick Schumacher            HAAS FERRARI   64          +2 voltas

18          6             Nicholas Latifi   WILLIAMS MERCEDES    64          +2 voltas

19          9             Nikita Mazepin  HAAS FERRARI   64          +2 voltas

NC         7             Kimi Räikkönen ALFA ROMEO RACING FERRARI  1             DNF

Deixe uma resposta

*