Grosjean aceita convite da Mercedes para despedida da F1

Romain Grosjean

Piloto franco-suíço vai testar com Mercedes W10 de Hamilton em Paul Ricard.

A Mercedes cumpriu com a promessa e confirmou que Romain Grosjean terá à sua disposição a 29 de junho o W10 de Lewis Hamilton (campeão em 2019). A despedida terá lugar no circuito francês de Paul Ricard (situado na cidade natal do piloto), palco onde no fim de semana antes se realizará o G.P. de França – altura em que Grosjean também terá a oportunidade de efetuar algumas voltas de demonstração. A equipa de F1 vai assim proporcionar uma experiência em jeito de despedida da competição ao piloto franco-suíço que se viu privado de participar nas duas últimas corridas da época passada devido a um acidente grave no Bahrein.

Grosjean estava a disputar o 17.º lugar da corrida com Daniil Kvyat, quando a roda esquerda do carro do piloto franco-suíço tocou na roda dianteira do carro do russo 180 metros depois da curva 3. Grosjean acabou por perder o controlo do carro, embatendo violentamente na barreira de proteção a 191 km/h a uma força de 67 g. A barreira não aguentou o impacto e foi perfurada pela célula de sobrevivência do carro. Com a violência do embate, o carro partiu-se em dois, rebentando com os canais por onde passava o combustível, provocando o derramamento do mesmo e, consequentemente, um incêndio que começou na parte posterior do carro e que foi passando para a parte da frente. A posição do carro fez com que o piloto ficasse preso pelo pé esquerdo. Após 27 segundos com o cockpit em chamas, Grosjean conseguiu sair do carro após descalçar o sapato, retirar o apoio da cabeça e o volante.

A Mercedes F1 revelou hoje uma foto de Grosjean já equipado a rigor. O piloto que recentemente ingressou no IndyCar mostrou-se enormemente agradecido à equipa e a Toto Wolff por esta oportunidade. “Soube do convite quando ainda estava na cama do hospital no Bahrein e foi algo que me deu bastante ânimo”, confessou o piloto. Já Toto Wolff, o responsável principal pela equipa da Mercedes F1, justificou a iniciativa pelo facto de já conhecer “Romain desde os tempos da Fórmula 3, quando ele foi campeão”.

A preparação do piloto para este teste especial começou a 30 de março com a visita à fábrica da Mercedes em Brackley, no Reino Unido, para efetuar os ajustes necessários ao banco do carro e para realizar os testes num simulador.

Deixe uma resposta

*