Áustria terá dose dupla de F1 após cancelamento na Turquia

G.P. da Turquia de 2020

Restrições obrigam a que Istanbul Park seja descartado menos de três semanas após ter sido apontado como substituto do G.P. do Canadá.

O campeonato do mundo de Fórmula 1 vai voltar a ter uma jornada dupla na Áustria, pelo segundo ano consecutivo. Isto sucede devido ao cancelamento do G.P. da Turquia, originalmente previsto para 13 de junho em Istanbul Park – em substituição do G.P. do Canadá, cancelado devido à pandemia de Covid-19. A organização desistiu da Turquia (que deveria acolher a sua primeira corrida de F1 desde 2011) na sequência do governo britânico ter acrescentado este país à zona vermelha, exigindo que todos que regressem da Turquia para o Reino Unido (país de origem da maioria das equipas de F1) tenham de cumprir duas semanas de quarentena. Aliás, esta medida já motivou o cancelamento da final da Liga dos Campeões de Futebol que em vez de Istambul se realizará no Estádio do Dragão no Porto no próximo dia 29 de maio.

Em comunicado, a organização da prova anunciou ainda alterações no calendário de modo a permitir corridas em semanas seguidas no circuito Red Bull Ring, em Spielberg na Áustria (para o G.P. da Áustria e da Estíria). Assim sendo, o G.P. de França disputar-se-á a 20 de junho e as corridas austríacas a 27 de junho e 4 de julho. Desta forma é possível manter o calendário da prova com 23 corridas.

Entretanto, a organização da F1 espera que nos próximos meses seja possível ter público a assistir presencialmente às corridas. Para o efeito, está previsto que o recinto do próximo G.P. do Mónaco, previsto para 23 de maio, tenha 40% da capacidade.

Deixe uma resposta

*