Evans comanda Rali de Portugal após desistência de Tänak

Elfyn Evans beneficiou da desistência de Tänak

Suspensão partida do estónio deixou o galês na frente à entrada para o último dia de prova.

Elfyn Evans partiu para o último dia do Rali de Portugal no comando da prova. O galês da Toyota beneficiou da desistência de Ott Tänak (Hyundai), que numa altura em que liderava com uma vantagem considerável (22,4 segundos sobre Evans) foi obrigado a desistir na consequência da suspensão traseira partida na segunda passagem por Amarante. Em segundo lugar segue Dani Sordo (Hyundai) que promete dar boa réplica a Evans até ao final da prova, após ter recuperado 5,7 segundos em relação ao líder na superespecial de 3,3 km no Porto. Em terceiro lugar está neste momento Sébastien Ogier (Toyota) a 1 minuto e 0,4 segundos do líder. Em WRC 2 segue à frente Esapekka Lappi (VW) à frente de Teemu Suninen (M-Sport).

Amanhã disputar-se-ão as últimas cinco especiais do Rali de Portugal, com duas passagens por Fafe (a última delas, a que fechará a prova, pontuável).

Deixe uma resposta

*