Toyota continua no segmento A com novo Aygo X

Toyota Aygo X

Crossover partilha a plataforma com o Yaris e está disponível com um motor “mil” atmosférico com 72 cv.

A Toyota revelou o Aygo X, a sua nova proposta para o segmento A, agora que já sem “irmãos” da PSA. Neste modelo que chegará ao mercado em 2022, a marca japonesa aproveitou para uma abordagem diferente ao Aygo, transformando-o, tal como o X no nome sugere, num crossover. Aliás, a altura ao solo foi incrementada em 11 mm face ao modelo anterior. A configuração do citadino mudou significativamente, muito por via de ter sido adotada uma versão curta da plataforma TNGA-B utilizada no utilitário Yaris. Esse facto permitiu um crescimento substancial das dimensões do Aygo, que é 235 mm mais comprido face ao antecessor – passando a chegar aos 3,7 metros de comprimento. O vão dianteiro é 72 mm mais curto do que o Yaris. Além disso, a largura aumentou 125 mm para um total de 1740 mm e a distância entre eixos cresceu 90 mm. Face a tudo isso, os bancos da frente passaram a ter mais 20 mm entre si e o espaço para os ombros aumentou 45 mm. O novo formato permitiu ainda um crescimento da bagageira, que além de disponibilizar 231 litros (mais 60 litros do que antes) ganhou mais 125 mm de espaço em comprimento. Por fim, o crossover cresceu 50 mm em altura, para um total de 1510 mm. A nova plataforma possibilitou ainda o recurso a jantes e pneus maiores, além de trazer benefícios ao nível da rigidez torsional e conforto.

A posição de condução foi aumentada em 55 mm e o pilar A num ângulo menos intrusivo possibilitam melhor visibilidade. No interior, houve uma preocupação especial na insonorização. Em opção existe um sistema de som especial com quatro altifalantes, composto por um amplificador de 300W e um subwoofer de 200 mm na bagageira, desenvolvido em conjunto com a JBL. O novo crossover dispõe de um tejadilho retrátil Pagoda em tecido com uma abertura 40 mm maior do que no Aygo antigo e que melhora o ângulo de visão em 20%. Destaque para o sistema de infotainment Smart Connect com um ecrã tátil de 9 polegadas com navegação pela “cloud”, compatível com atualizações “over the air”, serviços conectados e passível de ser acoplado à aplicação MyT que possibilita aceder a dados da condução, consumos, diferentes tipos de avisos e localização. Realce ainda para a luz ambiente e sistema de carregamento do smartphone por indução.

Desenvolvido a pensar no mercado europeu, o Aygo X está disponível nos “sabores” Cardamom, Chilli, Ginger e Juniper. Estas cores sobressaem graças a um tejadilho em preto. A edição Cardamom (na foto principal), que dispõe de apontamentos adicionais em Mandarina mate, riscas, jantes pretas específicas de 18 polegadas, além de detalhes Mandarina no interior, estará disponível apenas nos primeiros seis meses de comercialização. O novo Aygo X conta com iluminação full LED. Entre os sistemas de assistência à condução Safety Sense, o destaque vai para o Pre-Collison System, detetor de peões, detetor de ciclistas durante o dia, Collision Mitigation Support, Intelligent Adaptive Cruise Control, Lane Trace Assist e Emergency Steering Assist.

O motor é 1.0 de três cilindros naturalmente aspirado com 72 cv e 93 Nm, que pode ser associado a uma caixa manual de 5 velocidades ou a uma nova S-CVT, que promete passagens mais lineares. Anuncia uma média de consumos de 4,7 l/100 km e emissões de CO2 de 107 g/km.

Deixe uma resposta

*