Hyundai Seven abre caminho para Santa Fe elétrico

Hyundai Seven Concept

SUV com interior digno de uma sala de estar luxuosa e futurista chega em 2024.

A Hyundai apresentou no Salão de Los Angeles, nos EUA, o Seven concept, um SUV elétrico de grande porte que deverá chegar ao mercado em 2024 com o nome de Ioniq 7. Este modelo poderá ser um concorrente direto de propostas como o próximo Volvo XC90 elétrico.

O Seven carateriza-se pelo ambiente futurista e com típico de um lounge de luxo, em virtude de uma enorme distância entre eixos. O exterior conta com linhas pouco usuais num SUV e afastadas dos atuais modelos de produção da marca sul-coreana. É de prever que muitos destes elementos estéticos tenham eco no modelo de produção – na linha do que aconteceu com o Ioniq 5 em relação ao 45 Concept. O Seven é feito com base na plataforma E-GMP, o que permitiu obter um piso plano, vãos e um capot curto, além de uma distância entre eixos de 3200 mm (sensivelmente o mesmo que a versão longa do Mercedes-Benz Classe S). Destaque ainda para os faróis Parametric Pixel à frente e atrás, que combinam elementos de estilo digital e analógico.

Em vez de uma configuração de três filas de bancos, este potencial equivalente elétrico ao Santa Fe surge com um formato mais livre, com poltronas e um uma espécie sofá na zona posterior. Segundo a Hyundai esta é uma visão de mobilidade autónoma do futuro, o que implica que estaremos perante um modelo dotado de condução autónoma. Existe um joystick retrátil em substituição do tradicional volante e em vez do painel de instrumentos tradicional surge no tablier um ecrã que se prolonga a toda a largura. A isso acrescenta um ecrã OLED no tejadilho que funciona como uma espécie de teto panorâmico virtual, totalmente personalizável. Com os bancos da frente virados a 180 graus, o Seven converte-se numa espécie de lounge com rodas, com luz ambiente vinda dos painéis das portas, um frigorífico e até compartimentos para arrumar os sapatos. Em complemento, o exterior vem pintado com tinta feita de origem sustentável e o interior é feito a partir de materiais reciclados, nomeadamente gesso mineral, madeira de bambu e tecidos que revestem o habitáculo. Existe ainda um sistema de circulação do ar similar ao que é utilizado nos aviões, que reduz a contaminação entre passageiros, e luzes UV em todas as superfícies para remover bactérias e vírus.

O Ioniq 7 bem equipado com um sistema de elétrico 800V, o que lhe permite carregar até 350 kW entre 10 e 80% da bateria em 20 minutos. A autonomia rondará os 500 km.

Deixe uma resposta

*