Rali de Portugal 2022 estreia super-especial em Coimbra

Elfyn Evans em ação

Prova nacional marcará a estreia dos novos carros híbridos em pisos de terra.

A edição de 2022 do Rali de Portugal realizar-se-á entre 19 e 22 de maio, com 22 classificativas no norte e no centro do país, disputando-se ao longo de 343,3 quilómetros. Esta 55ª edição da prova organizada pelo ACP marcará a estreia dos novos carros híbridos em pisos de terra.

Esta edição arrancará na quinta-feira, 19 de maio, com o “shakedown”, novamente a realizar-se em Baltar/Paredes, entre as 9h e as 14h. Nesse dia inicia-se a luta contra o cronómetro com a super-especial de Coimbra a partir das 20h40. Esta classificativa, desenhada no perímetro urbano da cidade do Mondego, terá 3 km de extensão. O primeiro dia “a doer” será sexta-feira, 20 de maio, com a passagem por quatro emblemáticas classificativas no centro do país (na Lousã, Góis, Arganil e Mortágua). Estas especiais serão percorridas duas vezes, com exceção de Mortágua. Ao final da tarde, a caravana viajará para o norte para disputar pelas 19h03 a super-especial de Lousada. Ao todo, serão 122,88 km de troços. No dia 21 maio, sábado, as equipas terão de enfrentar três duplas passagens pelas classificativas de Vieira do Minho, Cabeceiras de Basto e Amarante (esta última com partida em Mondim de Basto). Ao final do dia, pelas 19h03, haverá a super-especial do Porto. No conjunto serão 159,14 km cronometrados ao longo do dia. A prova fica concluída do domingo, 22 de maio, com dupla passagem pelas classificativas de Felgueiras, Montim e Fafe. Como tem sido habitual, a segunda passagem por Fafe tem o estatuto de Power Stage (premiando os cinco pilotos mais rápidos com pontos adicionais).

O Rali de Portugal de 2022 é a quarta prova do calendário do mundial de ralis e integrará as categorias WRC, WRC2, WRC2 Junior, WRC3, WRC3 Junior, Campeonato Nacional de Ralis, Peugeot Rally Cup Ibérica e Toyota Gazoo Racing Iberian Cup. O centro de operações e parque de assistência das equipas será na Exponor, em Matosinhos.

Deixe uma resposta

*