Próximo Lamborghini deve ter quatro portas

O grand tourer Lamborghini Espada esteve no mercado entre 1968 e 1978

Em causa está um sucessor espiritual do icónico Espada, com um sistema híbrido.

Há já algum tempo que se vem especulando qual será o próximo passo para a Lamborghini depois do lançamento do novo SUV Urus. Uma das teorias mais consistentes é a possível introdução de um modelo de quarto portas para juntar à gama atual. Em entrevista à Automotive News, o CEO da marca italiana, confirmou que há espaço para um sucessor espiritual do “grand tourer” Espada (na imagem), desde que este ofereça espaço interior, quatro lugares e que surja com a motorização certa. Stefano Domenicali admitiu que há bastante tempo que este modelo está nos planos da marca e que finalmente poderão estar reunidas as condições para avançar, considerando que esta nova proposta terá de ser convincente em termos visuais e muito eficiente aerodinamicamente.

Os próximos Aventador e Huracán serão híbridos plug-in, com base num V12 e num V10, respetivamente. O SUV Urus também terá uma derivação PHEV, que poderá ser feita com base em versões V6 e V8 biturbo. Esta onda de “eletrificação” abre por isso caminho a que o novo modelo de quatro portas adote uma configuração semelhante, ou até mesmo um sistema 100% elétrico. Seja como for, a decisão ainda não está tomada.

Domenicali prevê que o quarto membro da gama surja entre 2025 e 2027, pelo que ainda há muito caminho pela frente. Até porque, segundo o italiano, ainda não há clientes interessados em Lamborghini “eletrificados”.

Deixe uma resposta

*