Elétrico de acesso da VW é o renovado e-Up

VW e-Up

Prevista para o próximo ano, a atualizada versão elétrica do citadino poderá custar 18 mil euros.

Em novembro, a Bloomberg levantou a possibilidade de a Volkswagen apostar num modelo de acesso da família de eléctrico I.D. a começar nos 18 mil euros. Nessa altura, falou-se que esse modelo poderia ser um crossover. Contudo, de acordo com a InsideEVs, citando o responsável por mobilidade e inovação da marca de Wolfsburg, Matthew Renna, esse modelo não será parte da nova família I.D. mas sim uma atualização do e-Up que já conhecemos.

O renovado modelo “zero emissões” poderá surgir no mercado antes de 2020, sendo certo que receberá um novo conjunto de baterias que lhe permitirão aumentar a sua autonomia. Outra certeza é que não receberá a plataforma modular MEB dos novos I.D.

Munido de um pacote de baterias de 18,7 kWh, o atual e-Up anuncia, à luz do ciclo WLTP, 134 km de autonomia. Carrega em 9 horas numa tomada doméstica ou em 6h numa wallbox de 3,6 kWh. Atualmente, o e-Up custa mais de 28 mil euros.

Deixe uma resposta

*