De Tomaso regressa com P72 de chassis em carbono

De Tomaso P72 View Gallery 12 photos

Edição limitada do supercarro serve para assinalar os 60 anos da marca italiana.

A De Tomaso está de regresso aos modelos de produção com o supercarro 72 que apresentou no Festival de Velocidade de Goodwood, no Reino Unido. A marca italiana, autora de modelos emblemáticos como o Mangusta e o Pantera (ver ensaio na autoDRIVE #14), pegou no antigo projeto P70 de 1964, que devido a divergências entre Alejandro de Tomaso (o fundador da marca) e o designer Carroll Shelby, tinha ficado na gaveta – apesar de ter chegado a surgir em público sob a designação Ghia-De Tomaso Sport 5000 no Salão de Turim de 1965.

Limitado a 72 unidades, o P72 tem linhas curvas tipicamente retro. As suas especificações técnicas ainda não foram reveladas, sabendo-se apenas que o seu chassis em fibra de carbono é derivado do Apollo Intensa Emozione. Aliás, a equipa por detrás deste regresso da De Tomaso é a mesma da Apollo Automobili. Por isso, é possível que inclua o motor V12 naturalmente aspirado de origem Ferrari do Apollo IE. Tal como o antecessor P70, o novo P72 surge com uma caixa manual.

Estima-se que o preço deste clássico dos tempos modernos comece nos 750 mil euros. A marca já está a aceitar reservas.

Deixe uma resposta

*