Porsche revela 911 RSR com novo motor 4.2

Porsche 911 RSR View Gallery 15 photos

Protótipo de corridas de resistência tem estreia agendada para setembro.

A Porsche Motorsport apresentou no Festival de Velocidade de Goodwood, no Reino Unido, o renovado 911 RSR, apto a competir no WEC já a partir de setembro. Nessa altura, iniciará a defesa do título na categoria GTE-Pro na jornada de abertura do campeonato de resistência em Silverstone. Este carro ficará disponível para equipas de clientes e no IMSA no final de 2020. Segundo o fabricante, o novo modelo, feito com base na anterior geração do 911 (991.2), é 95% novo face ao antecessor, contando, em vez de um 4.0, com um novo motor de seis cilindros boxer 4.2 naturalmente aspirado (numa versão mais extrema do que é utilizado no 991.2 GT3 RS), mais flexível do que nunca e colocado imediatamente antes do eixo traseiro, a debitar cerca de 515 cv (a configuração mais potente de sempre num 911) – dependendo do tamanho do restritor. O envio da potência para as rodas traseiras fica a cargo de uma caixa sequencial de seis velocidades.

Uma das novidades neste modelo é um sistema de escape totalmente novo, com ponteiras nas extremidades, junto às rodas traseiras. Esta solução permitiu uma otimização do difusor traseiro. As alterações aerodinâmicas incluem ainda entradas de ar laterais maiores. Há ainda novos painéis da carroçaria e uma nova afinação da suspensão. A Porsche diz que o novo 911 RSR partilha apenas os faróis, travões, embraiagem, banco do condutor e alguns componentes da suspensão com o seu antecessor (igualmente feito com base no GT3 RS).

O novo carro conta também com melhorias no capítulo da visibilidade do condutor e com a inclusão de novos sistema de segurança ativa e passiva, com realce para um aviso de colisão quando surge um carro em ângulo morto.

Deixe uma resposta

*