Bugatti Chiron aproxima-se dos 500 km/h

Bugatti Chiron Sport construído para o recorde View Gallery 5 photos

Potencial do supercarro foi revelado em pista de testes alemã.

A Bugatti quis explorar os limites do Chiron e decidiu remover a limitação eletrónica do sistema propulsor formado por um motor W16 8.0 com quatro turbos. Assim, levou a versão Sport com 1600 cv (mais 100 cv do que o modelo normal) do seu supercarro até à pista de testes da VW em Ehra-Lessien (com cerca de 20 km), na Alemanha, para uma tentativa de recorde de velocidade máxima em modelos de produção. Ao cabo de quatro dias de testes, o Chiron conseguiu atingir uma velocidade máxima de 490,48 km/h. Ao volante esteve o experiente piloto britânico Andy Wallace, que conta no seu currículo com um triunfo nas 24 Horas de Le Mans em 1988.

Segundo a marca francesa foi utilizado um modelo com uma especificação praticamente de produção. Acrescenta uma célula de segurança, algumas mudanças aerodinâmicas implementadas pela Dallara (italianos responsáveis pela carroçaria do Chiron original), mais 25 cm de comprimento, escapes similares ao Centodieci, uma sétima relação de caixa mais longa, além de pneus específicos Michelin Pilot Cup 2, especialmente concebidos para aguentarem com uma velocidade tão elevada. À velocidade recordista, cada pneu rolou 4100 vezes por minuto.

O recorde anterior tinha sido batido há dois anos pelo Koenigsegg Agera RS no Nevada, nos EUA, com um máximo de 446,97 km/h.

Ver vídeo:

Deixe uma resposta

*