Mini prepara-se para fazer novo Traveller

Mini prepara novo Traveller

Crossover será o maior dos Mini a partir de 2022.

Além de um novo Cooper mais pequeno, previsto para 2022, a Mini planeia recuperar a designar Traveller. Segundo a Autocar, na mesma altura surgirá um novo modelo: um crossover de dimensões superiores às do Countryman. O maior do Mini, o regressado Traveller, focar-se-á sobretudo num maior aproveitamento do espaço interior, modularidade e eficiência, em utilização mais urbana, ao passo que o Countryman continuará com um aspeto mais “aventureiro”. Ao contrário do Traveller original, produzido entre 1960 e 69, o novo modelo não terá apontamentos da carroçaria em madeira. O CEO da Mini, Bernd Körber, assume que “o Countryman é um SUV muito pequeno. Nos EUA e na China há necessidade de um modelo maior. Por isso, vamos procurar ter um SUV compacto na próxima geração de modelos. Há muitos benefícios em ter um carro desse tipo para utilização urbana.” Apesar de estarmos a falar do maior dos Mini, claro que estaremos sempre a olhar para um dos SUV mais pequenos do segmento.

Estes futuros modelos da Mini deverão contar apenas com versões a gasolina e elétricas, com opção híbrida plug-in em modelos de maiores de dimensões. Os novos Traveller, Countryman e Clubman (este ainda com futuro incerto) serão feitos com base na plataforma FAAR de tração dianteira, a mesma do BMW Série 1. É possível que o Traveller venha a ter um “irmão” da BMW sob a forma de uma nova geração do i3, que assumirá um formato mais crossover e menos de monovolume.

Deixe uma resposta

*