C5 Aircross é o primeiro híbrido plug-in da Citroën

Citroën C5 Aircross Hybrid View Gallery 7 photos

Versão de topo do SUV chega em 2020 com 225 cv e até 50 km de modo elétrico.

A Citroën mostrou a versão de produção do C5 Aircross híbrido. Aquele que é o primeiro híbrido plug-in da marca francesa estará disponível para encomenda a partir de janeiro, sendo que as primeiras entregas estão previstas para o início do verão. A versão de referência do SUV compacto é também a mais eficiente, adotando um sistema híbrido semelhante ao dos “primos” Peugeot 508 e 3008. O SUV francês anuncia consumos de 1,7 l/100 km e emissões de CO2 de 39 g/km (WLTP). Tudo isto graças a um bloco 1.6 Puretech de quatro cilindros turbo de 180 cv que opera em conjunto com um motor elétrico de 107 kW, para um débito total de 225 cv e 320 Nm de binário máximo, transmitidos em exclusivo para o eixo dianteiro através de uma caixa automática de oito velocidades com conversor de binário. O pack de baterias de iões de lítio, instalado debaixo dos bancos traseiros, tem 13,2 kWh de capacidade, o que lhe permite percorrer até 50 km de modo elétrico, circulando até a um máximo de 135 km/h. As baterias carregam em menos de 2 horas numa Wallbox de 32 A com um carregador de 7,4 kW, em 4 horas numa tomada de 14 A ou em 7 horas numa tomada doméstica.

Esteticamente, esta versão Hybrid distingue-se das restantes através dos debates exclusivos em azul “Anodised Blue” na carroçaria, pelo logótipo específico no portão da mala e pelo “lettering” Hybrid nos guarda-lamas dianteiros. A tomada de carregamento está posicionada no lado contrário da tampa de combustível. O C5 Aircross Hybrid dispõe dos modos de condução Electric, Hybrid e Sport. Quando circula em modo elétrico, o retrovisor emite uma luz azul. Há também menus específicos relativos ao sistema propulsor no painel de instrumentos com visor de 12,3 polegadas.

Deixe uma resposta

*