Citroën anuncia saída do WRC

Ogier está de saída da Citroën

A saída do seu piloto principal, Sébastien Ogier, é o motivo do abandono da competição.

Desde 2003 que a Citroën tem vindo a construir um palmarés invejável no Campeonato Mundial de Ralis (WRC), contando com nove títulos de pilotos e oito títulos de construtores no currículo. De ressalvar ainda que, durante este período, a marca gaulesa atingiu o maior número de vitórias de sempre. Contudo, com a saída de Sébastien Loeb, a equipa perdeu algum fulgor e nunca mais conseguiu voltar às conquistas.

Agora, a Citroën anunciou que vai deixar de competir no WRC com efeito imediato após o seu piloto principal, Sébastien Ogier, decidir abandonar a equipa. Apesar de ainda dispor de mais um ano de contrato, tal como o seu colega de equipa Esapekka Lappi, o piloto francês decidiu rescindir o contrato após uma época dececionante na qual terminou em terceiro lugar do campeonato. Existem rumores de que Ogier já terá o futuro definido e poderá conduzir pela Toyota no próximo ano. A diretora executiva da marca francesa, Linda Jackson, veio a público afirmar que “não desejávamos esta situação, mas não conseguimos imaginar a próxima época sem o Ogier”.

Esta notícia surge poucos dias depois de a Peugeot ter anunciado o regresso a Le Mans.

Deixe uma resposta

*