Hyundai vai produzir protótipos Prophecy e 45

Hyundai Prophecy Concept View Gallery 2 photos

Ambos serão feitos com base numa nova plataforma para modelos elétricos. Prophecy abre caminho para o novo Ioniq.

A Hyundai perspetivava apresentar o Prophecy (na imagem) no Salão de Genebra, em março – evento cancelado devido à pandemia do coronavírus -, e, apesar de ter sido revelado apenas “online”, o protótipo granjeou reações positivas. O “gran tourer” sugere algumas soluções tecnológicas de vanguarda, típicas dos concept cars, nomeadamente joysticks em vez de um volante tradicional. Foi também dito que este “show car” seria a base visual a adotar em futuros modelos elétricos de produção da marca sul-coreana. Contudo, segundo palavras do responsável global de design da Hyundai à Auto Express, vai mesmo haver um modelo baseado no Prophecy a chegar à produção. Ao que tudo indica, o Prophecy evoluirá para a próxima geração do Ioniq, a lançar em 2021.

SangYup Lee disse ainda à publicação britânica que em primeiro lugar será ainda aposta uma versão de produção derivada do protótipo 45 (revelado no último Salão de Frankfurt). O responsável coreano justificou: “O 45 é mais inspirado nos modelos dos anos 1970, mas um SUV com visual mais moderno e mainstream. O Prophecy é inspirado nas linhas simples dos anos 1930. Esses dois carros mostram muito do espectro do design que somos capazes”. Lee adianta ainda que “o Prophecy é uma futura berlina – mas não com um formato tradicional, o que significa que terá muito espaço e um formato mais curvo”.

Quer a versão de produção do 45 (que deverá ser revelada ainda este ano) quer do Prophecy serão feitas a partir de uma nova plataforma modular específica para modelos elétricos. Chamada Electric-Global Modular Platform (E-GMP), esta base de tipo “skate” tem vãos curtos que permitem explorar mais espaço no interior. Ambos partilharão ainda o novo sistema de iluminação “pixelizado” (um conjunto de pequenas lâmpadas quadrados em LED, que também podem formar uma animação) herdado dos concept cars.

Deixe uma resposta

*