Fusão PSA-FCA já tem nome: Stellantis

Stellantis

A nova aliança só deverá estar concluída no primeiro trimestre de 2021.

O anúncio da fusão entre PSA e FCA foi anunciado em dezembro do ano passado e já há nome para a nova empresa que agregará ao todo 13 marcas: Stellantis. O nome remete para o termo em latim “stello”, que significa “iluminar com estrelas”. Isto não significa, no entanto, que doravante os carros das marcas envolvidas passem a ter um novo logótipo, pois a Stellantis é apenas um nome corporativo. Contudo, é preciso salientar que o processo de fusão do grupo francês com o conglomerado italo-americano está longe de estar concluído.

Em comunicado, a Stellantis, que será o quarto maior construtor em termos de volume no setor automóvel (com uma previsão de 8,7 milhões de unidades por ano), estima que a fusão só deverá estar concluída no primeiro trimestre do próximo ano. O português Carlos Tavares será o CEO da Stellantis nos primeiros cinco anos. A Stellantis espera criar duas plataformas que serão utilizadas por mais de dois terços dos modelos das marcas do grupo. A partilha tecnológica permitirá economias de escala.

Nesta altura ainda é cedo para afirmar que a fusão está garantida, uma vez que esta está sujeita à aprovação dos acionistas de ambas as partes, mas também à aprovação das entidades reguladoras e da concorrência. O processo sofreu também algum atraso devido ao coronavírus e poderá sofrer um forte revés caso a General Motors avance para uma ação em tribunal nos EUA – por considerar haver um acordo ilegal com o sindicato UAW.

Deixe uma resposta

*