Porsche Panamera terá versão de topo com 700 cv

Porsche Panamera Facelift View Gallery 2 photos

Este ano, a atualizada gama trará baterias com mais 30% de capacidade e uma inédita variante 4S E-Hybrid com 560 cv.

A Porsche revelou as primeiras imagens do renovado Panamera, ainda parcialmente camuflado. O modelo será revelado no final de agosto. O coupé de quatro portas luxuoso continuará disponível em dois formatos de carroçaria: o tradicional e a “carrinha” Sport Turismo. Uma das grandes novidades é a introdução de modos de condução mais orientados para o conforto e um sistema de infotainment atualizado e mais rápido, com um ecrã de maior resolução, sistema de reconhecimento por voz mais evoluído e compatibilidade Apple Carplay wireless. Promete ainda alterações ao nível do chassis, com melhorias no sistema de amortecimento adaptativo, no sistema de vectorização de binário e incluindo uma direção mais precisa. Visualmente, as alterações serão residuais, tirando a barra luminosa que agora se prolonga a toda a traseira, um difusor redesenhado no para-choques traseiro, novas jantes e cores, além do pack Sport Design de série. Por dentro, há um novo volante e novas decorações em madeira.

A nível de motores há mudanças substanciais a notar, com a gama a ser formada por duas versões base com motor V6 2.9, duas com motor V8 4.0 e três híbridos plug-in (dois com base V6 e outro V8). A capacidade da bateria de iões de lítio crescerá de 14 para 17,9 kWh, o equivalente a mais 30% – o que lhe permitirá alcançar uma autonomia elétrico total a rondar os 70 km. O sistema de tração integral é de série com exceção de alguns mercados, onde a Porsche continuará a apostar numa versão de tração traseira no modelo de acesso, e todas as versões dispõe de uma caixa de dupla embraiagem PDK de oito velocidades. A versão base Panamera 4 manter-se-á com 330 cv e o Panamera 4S com 440 cv. O Panamera 4 E-Hybrid rondará os atuais 462 cv, mas haverá uma nova versão 4S E-Hybrid com 560 cv e 750 Nm. Esta nova versão “eletrificada” reunirá os préstimos de um motor V6 com 440 cv e de um motor elétrico de 136 cv – funcionando como substituto do Panamera Turbo com motor V8 com 550 cv.

A oferta V8 começa com o GTS que subirá dos atuais 460 para 480 cv e terá a companhia do Turbo S com 630 cv e 820 Nm. O Panamera mais potente continuará a ser o híbrido plug-in Turbo S E-Hybrid que crescerá dos 680 para 700 cv. Não haverá opções Diesel.

Deixe uma resposta

*