Esta é a história do Alfa Romeo 158, o primeiro vencedor na F1

Alfa Romeo 158 de 1950 View Gallery 4 photos

No fim de semana em que se celebra o 70.º aniversário da prova rainha do automobilismo recordamos a história do primeiro vencedor.

O campeonato mundial de Fórmula 1 está a preparar-se para celebrar o seu 70º aniversário este fim de semana no circuito de Silverstone. Como tal, este é o momento ideal para relembrar a história do modelo que venceu a primeira corrida de sempre, o Alfa Romeo 158.

Arquitetado pela mente brilhante de Gioacchino Colombo, um virtuoso engenheiro italiano, o Alfa Romeo 158 teve a sua estreia em pista em 1938 na décima segunda edição da “Coppa Ciano”, uma prova italiana realizada no circuito de Montenero, em Itália. Apetrechado com um motor 1.5 de 8 cilindros em linha (daí a designação “158”) o carro mostrou-se imediatamente competitivo ao arrecadar o primeiro lugar do pódio logo na sua estreia. Contudo, o início das hostilidades decorrentes da Segunda Guerra Mundial acabaram por provocar um hiato nas competições motorizadas e o “Alfetta” foi acondicionado. O seu regresso deu-se em 1946, altura em que passou a acomodar um compressor volumétrico e viu o seu desempenho incrementado.

Já em 1947, após ser anunciada a criação do campeonato do mundo de Fórmula 1, a Alfa Romeo decidiu participar e modificou o 158 conforme os regulamentos. O motor passou a debitar cerca de 350 cv e foram contratados alguns dos melhores pilotos da altura: Giuseppe Farina, Juan Manuel Fangio e Luigi Faglioli. O resultado não poderia ter sido mais positivo, o “Alfetta” acabou por vencer o Grande Prémio inaugural com Giuseppe Farina ao volante.

No decorrer da temporada, o 158 provou ser o modelo mais competitivo da grelha e conseguiu arrecadar seis vitórias em sete provas com Giuseppe Farina a ser coroado como o primeiro campeão do mundo de Fórmula 1. No ano seguinte, o 158 foi substituído por uma versão mais evoluída, o 159, mas a sua história permaneceu para a eternidade.

Deixe uma resposta

*