Jeep desvenda nova geração do Grand Cherokee

Jeep Grand Cherokee View Gallery 21 photos

Novo modelo de luxo conta com versões de duas e três filas de bancos.

A Jeep revelou a quinta geração do Grand Cherokee (WL75), que traz um desenho bastante diferenciado e mais imponente face ao antecessor WK. Aliás, o novo SUV de luxo funcionará como uma referência estética para as próximas encarnações dos mais pequenos Cherokee e Compass. Com efeito, a linguagem adotada no novo Grand Cherokee segue a linha traçada pelo Grand Wagoneer Concept mostrado no ano passado, principalmente nos faróis esguios dispostos na horizontal e na grelha com sete filamentos. Dependendo do nível de equipamento escolhido, haverá LED diurnos integrados no para-choques. A isso junta farolins igualmente em LED de formato afilado. Existe opção de jantes até 21 polegadas, pela primeira vez.

Para este novo Grand Cherokee, a Jeep recorreu pela primeira vez à plataforma Giorgio, originalmente desenvolvida para a Alfa Romeo (e utilizada no Giulia e no Stelvio). O Grand Cherokee estará disponível a partir do verão com uma versão de três filas de bancos (com o nome Grand Cherokee L, que não estará disponível na Europa), que será comercializada paralelamente com o modelo anterior pelo menos até à chegada da versão de cinco lugares da geração atual – prevista para o final de 2021 (essa sim, prevista para Europa). É sobretudo visto de perfil que se nota a diferença do comprimento da versão de sete lugares L, que possui 5,2 metros de comprimento e uma distância entre eixos superior a 3 metros. A versão de duas filas de bancos será cerca de 30 cm mais curta. O novo Grand Cherokee é 56 mm mais alto e 25 mm mais largo face ao antigo.

No lançamento, o novo modelo estará disponível com o “velho” conhecido motor V6 3.6 Pentastar com 290 cv e 348 Nm e com o V8 5.7 HEMI com 357 cv e 529 Nm, ambos em combinação com uma caixa automática de oito velocidades. A médio-prazo será aposta uma versão híbrida plug-in e não está colocada de parte, para mais tarde, uma versão totalmente elétrica (uma vez que a plataforma assim o permite). O SUV tem versões 4×2 e 4×4. À disposição estão três tipos de sistemas 4×4, dependendo do nível de equipamento escolhido: o Quadra Trac I (um sistema simples de tração integral permanente com controlo de tração eletrónico), o Quadra Trac II (com redutoras) e o Quadra Drive (que acrescenta bloqueios dos diferenciais, com diferencial LSD no eixo posterior). Existe ainda um sistema de suspensão pneumática Quadra Lift.

O interior do novo modelo também evoluiu bastante, apresentando um novo sistema de infotainment UConnect 5 com ecrã tátil de 8,4 polegadas (com opção de 10,1”) de base Android, dotado de um processador cinco vezes mais rápido do que o anterior e compatível via wireless com os sistemas Apple Carplay e Android Auto. A contribuir para um ambiente mais moderno e tecnológico surge ainda um painel de instrumentos digital de 10,3 polegadas totalmente configurável, incluindo com “visão noturna”. Entre as versões disponíveis estão a Laredo, Overland e Summit.

Deixe uma resposta

*