Noruega é o primeiro país onde elétricos dominam vendas

Audi e-tron

Em 2020, 54,3% das viaturas novas comercializadas naquele país foram 100% elétricas. Audi e-tron é o rei das vendas.

A Noruega tornou-se no primeiro país do mundo onde a maioria das viaturas vendidas é elétrica. Em 2020, 54,3% dos carros novos vendidos no país escandinavo foram “zero emissões” – comparativamente com os 42,1% de 2019. Na Noruega os elétricos equivaleram a 76.789 das 141.412 unidades vendidas durante todo o ano que agora acabou.

Uma das principais justificações para este crescimento foi o aumento das encomendas dos modelos elétricos do grupo VW, sendo que os mais populares são o Audi e-tron (na imagem) e e-tron Sportback, em conjunto com 9227 unidades vendidas na Noruega (mais de um décimo entre a totalidade de carros elétricos). Segue-se o Tesla Model 3 com 7770 unidades, VW ID.3 com 7754 unidades, apesar de ter sido lançado apenas em setembro, e o Nissan Leaf com 5221 unidades.

As vendas de carros elétricos norueguesa é tão significativa que representa 10% das vendas deste tipo de carros em toda a Europa – mercado onde os carros totalmente movidos a bateria pesam apenas 4% nas vendas (4,7% no caso português, segundo dados da ACAP de 2020).

Os carros elétricos gozam de enorme popularidade na Noruega devido aos incentivos fiscais do governo que vigoram há várias décadas e que os tornam mais baratos comparativamente com modelos equivalentes a combustão. Ao todo, os modelos “eletrificados” (que incluem também os híbridos), representaram 83% das vendas no país em 2020. O país nórdico quer ser o primeiro país a proibir a comercialização de carros a combustão, já em 2025. A Noruega tem 10 mil postos de carregamento públicos para carros elétricos, segundo a Norwegian Electric Vehicle Association.

Deixe uma resposta

*