Jaguar E-Type renasce no seu 60º aniversário

View Gallery 23 photos

A marca britânica restaurou e modernizou seis pares de exemplares iguais aos que foram mostrados ao público no Salão de Genebra de 1961.

A Jaguar comemorará no próximo dia 15 de março (segunda-feira) 60 anos do E-Type. Foi nesse dia que mostrou ao mundo dois exemplares (um no formato coupé e outro no formato roadster) do famoso desportivo no Salão de Genebra, na Suíça. E para comemorar esta data histórica, a Jaguar Classic vai produzir doze unidades (em conjuntos de pares) de unidades restauradas do E-Type com as mesmas especificações dos modelos de lançamento de 1961, acrescentando-lhe alguns aspetos modernos. Esta dupla chama-se 9600 HP e 77 RW, em alusão às matrículas dos primeiros E-Type que viajaram durante a noite de Coventry até à Suíça para serem mostrados em público pela primeira vez. Foram precisas 11 horas para percorrer quase 1200 km.

Estes carros que pode ver nas imagens foram totalmente restaurados (embora com base em modelos de 1963 – com uma posição de condução aprimorada), mas também ligeiramente atualizados. O motor 3.8 de seis cilindros XK, por exemplo, dispõe de um sistema de arrefecimento modificado, ignição eletrónica e debita 265 cv no eixo traseiro através de uma nova caixa manual de cinco velocidades com carretos sincronizados em todas as relações, engrenagens helicoidais e carcaça reforçada em alumínio fundido para aumentar a fiabilidade e a resistência, otimizar as respostas e suavizar as passagens de caixa. A divisão de clássicos da marca britânica incluiu ainda um escape em aço inoxidável que ajuda a conferir um som mais “rouco” e mais audível. Visualmente, as novas duplas são iguais aos modelos originais, incluindo as cores exteriores Flat Out Grey e Drop Everything Green – nomes atribuídos em referência à referida viagem que os carros fizeram até à Suíça com o relações públicas Bob Perry e o mecânico Norman Dewis ao volante. Contudo, há detalhes subtis que conferem a estes modelos exclusivos alguns toques de modernidade, a começar pelo sistema de infotainment (que inclui navegação), logótipos específicos e o mapa do percurso que os carros originais fizerem na consola central. No coupé, o referido mapa é acompanhado pela frase proferida pelo fundador da Jaguar, Sir William Lyons, aquando da chegada de Berry a Genebra: “I thought you’d never get here” (“Pensei que nunca chegarias aqui”). No roadster, a frase é outra: “Drop everything and come now” (“Larga tudo e vem já”), que Lyons disse a Dewis quando se apercebeu que precisava de mais um carro no certame. Segundo a marca, o trabalho artesanal para gravar o mapa demorou cerca de 100 horas.

Os interessados nestes seis pares de E-Type restaurados terão de entrar em contato direto com a Jaguar Classic para fazerem a sua encomenda. No verão de 2022, os donos dos carros estão convidados a participar numa experiência de condução única para criar as suas próprias memórias com o E-Type ao viajar de Coventry a Genebra nos seus veículos. Os preços não foram revelados, mas espera-se algo na ordem dos 875 mil euros por cada par.

Deixe uma resposta

*