Ingleses recriam Ferrari 250 GT SWB

RML Short Wheelbase

RML Group assina o “remake” do icónico modelo de 1959 com um novo motor V12 e um interior moderno.

O RML Group faz vida da modificação de modelos ao mais alto nível. Os britânicos trazem agora o RML Short Wheelbase, inspirado no Ferrari 250 GT SWB. Os criadores ressalvam que, por uma questão de custos, este modelo não é um “restomod”, mas sim um carro novo que tem como fonte de inspiração, em termos estéticos e na filosofia, o mítico modelo de Maranello originalmente lançado em 1959. A RML foi buscar um motor V12 naturalmente aspirado mais recente, com 5474 cc (provavelmente o mesmo do 550 Maranello e do 456 da década de 1990), a debitar 485 cv e 568 Nm, com uma caixa manual de seis velocidades a ser responsável pelo débito de potência nas rodas traseiras. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita 4,1 segundos e a velocidade máxima ronda os 300 km/h.

O formato dos farolins traseiros, a tampa do depósito de combustível exposta, o formato da grelha dianteira e as entradas de ar atrás de cada roda remetem para o modelo original. A carroçaria feita em fibra de carbono é inspirada no clássico italiano. Com 4264 mm de comprimento e 1954 mm de largura, esta recriação é mais comprida e mais larga face ao Ferrari. Além disso, tem 1420 kg, o que faz com que seja mais pesado face ao original. Esteticamente, a RML optou por jantes maiores, pneus de perfil mais reduzido e por faróis mais modernos. Além do mais, a ausência de para-choques confere-lhe um aspeto mais desportivo e não há o símbolo da Ferrari – afinal trata-se do primeiro modelo a envergar o símbolo da RML (que já tinha dado que falar pela criação do Nissan Juke R – com motor do GT-R). Apesar de ter como objetivo manter-se o mais fiel o mais possível face ao original, esta recriação do 250 GT SWB pretende ter um nível de conforto suficiente que permita uma utilização diária. Como tal, inclui elementos modernos como bancos de regulação elétrica, ar condicionado, porta-copos e um sistema de infotainment com navegação por satélite e um sistema de conectividade.

A RML diz que abrirá as encomendas do Short Wheelbase ainda este ano, do qual espera construir 30 unidades – sendo que a primeira estará pronta em outubro. O preço ainda não foi revelado.

 

Deixe uma resposta

*