Lancia prepara três modelos para os próximos cinco anos

Render digital do novo Lancia Musa

Primeiro lançamento da “nova Lancia” está previsto para 2024.

O grupo Stellantis deposita grande expectativas na Lancia, focando-se no design, eletrificação e na expansão da gama de modo a poder recuperar a representatividade internacional de outros tempos. Para o efeito, segundo a Automotive News Europe, a marca italiana terá três novos modelos no decorrer dos próximos cinco anos. O primeiro deverá ser o substituto do citadino Ypsilon. Com lançamento previsto para meados de 2024 e a produzir em Tychy (na Polónia), este modelo será feito a partir da nova plataforma eCmp, tendo prevista uma gama formada por variantes a gasolina e por uma inédita opção elétrica. A outra grande aposta será um SUV/crossover do segmento B (que poderá recuperar a designação Musa – na imagem um “render” gerado por computador) a estrear no início de 2026 e a produzir em Melfi (Itália), que evoluirá da base e-Vmp e disporá apenas de motor elétrico. A confirmação destes lançamentos terá sido dada em meados de maio. Pelo meio está a ser equacionado o lançamento de um terceiro modelo, um SUV/crossover do segmento C, de silhueta similar ao DS4, que poder vir a ser aposta no final de 2027.

A assinatura visual dos novos modelos da Lancia ficará a cargo de Jean-Pierre Ploué, o responsável máximo de design do recém-formado grupo.

Recorde-se que atualmente a Lancia está apenas presente em Itália com o Ypsilon. No último mês de maio vendeu 22.783 unidades no seu país de origem.

Deixe uma resposta

*