Audi RS Q E-Tron é nova arma para o Dakar

Audi RS Q e-tron

Aposta recai num sistema elétrico com extensor de autonomia a debitar 680 cv.

A nova arma da Audi Sport neste regresso ao rali Dakar nada tem a ver com o modelo com motor V10 da última vez. Desta vez a aposta é o RS Q E-Tron com um sistema elétrico a funcionar em conjunto com um extensor de autonomia que tem por missão carregar a bateria. O conjunto tem 680 cv de potência.

O sistema elétrico com um motor dianteiro e dois motores traseiros é similar ao que é utilizado no e-tron FE07 da Fórmula E. Acrescenta, no entanto, um motor 2.0 TFSI de quatro cilindros turbo a gasolina emprestado do carro do DTM que ajuda a carregar a bateria em andamento. Este motor de combustão interna funciona entre como extensor de autonomia entre as 4500 e as 6000 rpm e conta com um depósito de combustível com 295 litros de capacidade posicionado 1,1 metros atrás do eixo dianteiro. Além de um motor elétrico por eixo este conjunto dispõe de um terceiro motor MGU com a função de recarregar a bateria quando o RS Q E-Tron é levado ao extremo. O pack de baterias tem 50 kWh de capacidade e pesa 370 kg (num carro que pesa pelo menos 2000 kg). Este sistema garante menos de 200 g/km emissões de CO2. Os dois eixos não possuem nenhuma ligação mecânica entre si, mas o “software” de distribuição de binário assume o mesmo papel de um diferencial central convencional central.

O carro está cumprirá um programa de testes até ao final do ano, para preparar o próximo Dakar que se realizará no próximo mês de janeiro.

Deixe uma resposta

*