Verstappen e Hamilton vão continuar braço de ferro em Sochi

Hamilton e Verstappen

À entrada para o G.P. da Rússia, o holandês lidera com cinco pontos de vantagem em relação ao britânico.

O acidente entre Hamilton e Verstappen no último Grande Prémio de Itália, disputado em Monza, ainda dá que falar e a tensão entre os dois primeiros classificados promete ter novos capítulos já este fim de semana no G.P. da Rússia, em Sochi. O holandês acabou por ser “acusado” pelos comissários de ter provocado o acidente que obrigou à desistência de ambos. A pena de Verstappen será retroceder três posições na grelha de partida.

À partida para a 15ª prova do calendário do mundial de Fórmula 1, Verstappen (Red Bull) parte com 226,5 pontos, ou seja, cinco pontos de vantagem em relação ao atual campeão do mundo Hamilton (Mercedes). Em terceiro encontra-se Valtteri Bottas (Mercedes), o vencedor da corrida em 2020, com 141 pontos.

Hamilton foi quem mais venceu o G.P. da Rússia, com três vitórias (2015, 2018 e 2019). Curiosamente, foram pilotos da Mercedes a vencerem as sete edições da corrida.

Caraterísticas do circuito:

Tamanho da pista: 5,848 km

Voltas: 53

Distância total da corrida: 309,745 km

Velocidade no pit lane: 60 km/h

Recorde da volta mais rápida em corrida: Lewis Hamilton (Mercedes) 1’35”761 em 2019

Recorde da volta mais rápida: Valtteri Bottas (Mercedes) 1’31”387 em Q3 2018

 

Transmissão (Eleven 3):

Treinos Livres 1 sexta-feira 24 setembro 9h30-11h00

Treinos Livres 2 sexta-feira 24 setembro 13h00-14h15

Treinos Livres 3 sábado 25 setembro 10h00-11h15

Qualificação sábado 25 setembro 13h00-14h15

Corrida domingo 26 setembro 13h00-14h30

Deixe uma resposta

*