Hipercarro grego Chaos promete ser mais rápido que um F1

SP Automotive Chaos

Modelo criado pela SP Automotive tem versões de 2077 e de 3107 cv.

A recém-criada SP Automotive estreia-se com o Chaos, que apelida ser o primeiro “ultracarro” do mundo. O modelo criado pela mão de Spyros Panapoulos traçou como objetivos bater vários recordes de velocidade, incluindo a volta mais rápida em Nürburgring, o de velocidade mais elevada e o mais rápido a percorrer ¼ de Milha.

O Chaos vem equipado com um motor V10 4.0 biturbo e está disponível em dois níveis de potência: 2077 cv e 1389 Nm, com “red line” entre as 10.000 e as 11.000 rpm, capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 1,9 segundos e 0-300 km/h em 7,9 segundos (na versão Earth); e 3107 cv e 1984 Nm, com “red line” entre as 11.800 e as 12.200 rpm, capaz de “acelerar mais rápido do que um F1” ou do que “qualquer carro com duas ou quatro rodas alguma vez produzido” (na versão Zero Gravity), anunciando 0-100 km/h em 1,55 segundos, 0-200 km/h em 1,7 segundos, 0-300 km/h em 7,1 segundos e ¼ de Milha em 7,5 segundos. A confirmarem-se estes números, de facto, o Chaos será 1 segundo mais rápido que o Rimac Nevera (8,58 seg.) no ¼ de Milha. Em ambas as versões, o Chaos conta com uma caixa de dupla embraiagem de sete ou oito velocidades a enviar potência para as quatro rodas. A SP Automotive diz que o Chaos é capaz de ultrapassar os 500 km/h de velocidade máxima – batendo o SSC Tuatara, que bateu recentemente o recorde com 455,3 km/h. Spyros Panapoulos diz que vai tentar demonstrar as capacidades do Chaos na pista de Ehra-Lessien, com o patrocínio da Red Bull, entre 2022 e 2023. O motor desenvolvido e fabricado pela SP Automotive possui o bloco do motor em alumínio ou em magnésio impresso em 3D, pistões e bielas em titânio impresso em 3D, cambota impressa em 3D, ponteiras de escape em titânio ou Inconel impressas em 3D, além de uma dupla de turbos em fibra de carbono, titânio, magnésio e cerâmica. O carro vem equipado com jantes específicas de 21 e 22 polegadas em titânio e magnésio, com discos carbocerâmicos ventilados e perfurados com 482 mm à frente e 442 mm atrás. Apesar de parecido com outros supercarros da nossa praça, o fabricante alega que o Chaos contará com o design mais aerodinâmico alguma vez aplicado num carro, com uma “downforce” comparável à de um F1. Este “ultracarro” terá 5053 mm de comprimento, 2068 mm de largura, 1121 mm de altura e 2854 mm de distância entre eixos. A versão Earth tem 1388 kg e a versão Zero Gravity 1272 kg.

O habitáculo do supercarro é minimalista e futurista, destacando-se o volante de estilo “yoke” com um ecrã tátil integrado, outro ecrã tátil para o passageiro e apenas comandos físicos na consola central e um head-up display. A SP Automotive recorre a realidade aumentada, óculos de realidade virtual, 5G, reconhecimento da impressão digital e câmaras de reconhecimento facial de modo adaptar as caraterísticas do carro.

Está prevista a produção de 20 unidades do Chaos para cada continente, com o modelo a ser distribuído em exclusivo pela Sotheby’s. Os preços começam nos 5,5 milhões de euros e nos 12,4 milhões, dependendo da escolha da primeira ou da segunda versão. A apresentação do carro acontecerá em Atenas (na Grécia). As primeiras entregas estão previstas para o início de 2022.

Deixe uma resposta

*