Novo Mini de três portas confirmado para 2023

Próxima geração do Mini hatch elétrico

A marca britânica vai reformatar a gama toda até 2025, com um novo Countryman, um crossover urbano e uma “mini van”.

A Mini anunciou que irá lançar o novo “hatch” de três portas em 2023. O clássico modelo manter-se-á em catálogo com versões térmicas, a produzir no Reino Unido, e com uma versão 100% elétrica de fabrico chinês (por via de uma joint venture com a Great Wall). Confirmada está ainda a continuidade da variante descapotável. Entretanto, o Mini de cinco portas será substituído por um crossover urbano do tamanho do Audi Q2, que contará com uma versão elétrica. Este modelo com sensivelmente 4,10 metros de comprimento, que poderá vir a chamar-se Traveller, será produzido em Oxford, no Reino Unido.

Do plano de lançamentos da Mini, prevê uma remodelação completa da gama entre 2023 e 2025, que contribuirá para uma transição para a eletrificação total em 2030, consta ainda a terceira geração do Countryman, que partilhará a sua base com o novo BMW X1 e deverá ser maior face ao modelo atual – com cerca de 4,50 metros de comprimento (mais 20 cm do que antes). Pela primeira vez produzido na Alemanha (mais concretamente em Leipzig), o SUV contará com versões térmicas (incluindo uma opção Diesel) e elétrica. No segmento C, o Countryman terá a companhia de um novo modelo que será uma espécie de evolução do Urbanaut concept, uma pequena “mini van”. Este funcionará como substituto do Clubman. Do lado dos desportivos, a submarca John Cooper Works também fará a sua transição para esta era da eletrificação.

De acordo com os planos da Mini, os seus últimos modelos a combustão deverão ser construídos em 2025.

Deixe uma resposta

*