Raro Ruf CTR3 está à venda

Porsche Ruf CTR3 Club Sport

Supercarro de 777 cv feito com base num Porsche Cayman é limitado a 30 exemplares.

A Ruf ganhou a sua reputação por criar alguns dos modelos derivados da Porsche. Contudo, o mais famoso e reconhecível de todos deverá ser o CTR3, que agora tem um raro exemplar à venda.

Capaz de “assustar” muitos supercarros da nossa “praça”, o CTR3 começou por ser revelado em 2007. É feito com base num Cayman, embora partilhe muito poucos elementos com o modelo de acesso à gama da Porsche. Aliás, o chassis deste Ruf foi feito de raiz pela mão dos canadianos da Multimatic, o que possibilitou esticar a distância entre eixos para 2625 mm – mais 28 cm do que no 911. A carroçaria em fibra de carbono pesa cerca de 1400 kg. Ao todo foram construídos 30 exemplares, sendo este que surge nas imagens o 008. Esta unidade foi produzida em 2010 e em 2013 regressou à fábrica da Ruf para receber um pack Clubsport – foram apenas sete unidades a beneficiarem deste “upgrade”. Aproveitando a passagem pela casa-mãe, o supercarro recebeu ainda um incremento de potência, com o motor 3.7 de seis cilindros boxer biturbo (retirado do 911 Turbo 997) a passar de 700 e 889 Nm para uns mais expressivos 777 cv e 980 Nm. O motor surge acoplado a uma caixa sequencial de seis velocidades. Graças estas caraterísticas é possível acelerar de 0 a 100 km/h em três segundos e atingir uma velocidade máxima de 380 km/h. Entre os múltiplos melhoramentos aplicados a este carro, realce para o escape com revestimento em zircónio (material usado normalmente utilizado em centrais nucleares), silenciador em titânio, entradas de ar NACA no compartimento do motor, depósito de cárter seco revestido em folha de ouro e barras anti-aproximação da Öhlins e braços da suspensão dianteira herdados do 997 GT3 RSR. Isto para não falar da embraiagem de competição emprestada do 911 GT2 997. O carro surge pintado num discreto preto e foi especificado de uma forma que lembra o Carrera GT, especialmente devido ao formato das jantes que “calçam” uns pneus Michelin Pilot Sport 4S. O carro possui também uns pinças de travão em amarelo e elementos em fibra de carbono, nomeadamente no difusor traseiro, spoiler traseiro e capas dos espelhos.

Por dentro, este CTR3 de volante à direita vem equipado com bacquets em fibra de carbono revestidas em couro preto e Alcantara. O anuncio pelo publicado pelos especialistas Art & Revs, do Luxemburgo, não especificam nem quantos quilómetros este exemplar marca no odómetro. O preço está disponível apenas sob consulta. Recorde-se que em 2018 a RM Sotheby’s leiloou uma unidade do CTR3 Clubsport por 1,1 milhões de euros.

Deixe uma resposta

*