Fiat Panda vai continuar em produção até 2026

Fiat Panda Sport

O pequeno modelo italiano ficará 15 anos em catálogo, até ser substituído por um elétrico.

A Fiat vai prolongar a vida do Panda. Citada pela Reuters, fonte dos sindicatos italianos, após conversações com a Stellantis, estipularam que o citadino manter-se-á em produção até 2026. Isto significa que o atual Panda terá um ciclo total de 15 anos. O pequeno modelo da marca de Turim continuará a ser produzido em Pomigliano d’Arco, onde em breve começará a ser feito o Alfa Romeo Tonale.

A propósito do sucessor do atual Panda, a Fiat, que quer ter uma gama 100% elétrica entre 2025 e 2030, nada confirmou oficialmente. Contudo, espera-se que o novo Panda seja um modelo 100% elétrico derivado do Centoventi, um protótipo de 2019.

Feito com base na plataforma Mini da FCA (partilhada com o 500) e lançado em 2011, o Panda foi sendo alvo de algumas atualizações. A mais significativa ocorreu em 2020 com a introdução de uma versão “mild hybrid”. Nesse mesmo ano em que o modelo fez 40 anos foi aposta o Panda Sport (na imagem). De acordo com a Jato Dynamics, o Panda vendeu 130 mil unidades na Europa em 2021.

Entretanto, a Stellantis deve avançar com uma “gigafábrica” de baterias em Tremoli (em Itália), a terceira do grupo, que já tem unidades anunciadas para França e Alemanha. O anúncio deverá ser feito oficialmente em breve.

Deixe uma resposta

*