Aehra é um SUV elétrico com “home-cinema” por dentro

Aehra SUV

Modelo italiano tem um tablier que se converte num sistema de “cinema em casa”.

Sediada em Milão (em Itália), a start-up Aehra mostrou há poucas semanas o seu primeiro modelo, um SUV elétrico. Agora, revelou o seu interior, que conta com um ecrã gigantesco no tablier que se expande para cima quando o carro está estacionado.

Este SUV de proporções pouco convencionais traz portas dianteiras de abertura em tesoura e traseiras de abertura asa de gaivota, que favorecem o acesso a um interior espaçoso. Nesse é possível desfrutar dos modos “home-cinema”, sala de reuniões e lounge. O destaque vai para o ecrã a toda a largura do tablier, para o painel de instrumentos digitais e para os espelhos retrovisores digitais. Uma vez estacionado, o SUV converte-se numa sala de cinema, quando carro estiver a carregar, por exemplo. A Aehra não revelou as dimensões do ecrã, mas parece ser maior do que o de 31 polegadas do novo BMW Série 7. Este sistema já patenteado pela start-up italiana poderá vir a fazer mais sentido num cenário de condução totalmente autónoma. Ao centro existe outro ecrã sensível ao toque que permite ao condutor aceder a todas as funções da viatura. Os únicos botões físicos são o seletor da caixa no túnel central e alguns comandos no volante de formato “yoke” e que projeta informação num pequeno visor. Em complemento existe luz ambiente e revestimentos em couro pespontado à mão. Os bancos individuais são feitos em alumínio e carbono reciclável.

Segundo o fabricante, é possível acomodar em conforto quatro jogadores da NBA no interior, que pode ser configurado com quatro ou cinco bancos. A distância entre eixos é de 3 metros, o que favorece o espaço para as pernas. O Aehra SUV tem quase 800 cv, uma bateria de 120 kWh de capacidade (a proporcionar até 800 km de autonomia) e tem um preço de acesso de 180 mil euros.

Depois do Aehra SUV, será apresentada uma berlina elétrica em abril de 2023. Ambos serão comercializados a partir de final de 2025 nalguns países da Europa, China, América do Norte e do Golfo.

Deixe uma resposta

*