Jaguar desiste das versões XE S e XF S

Com a entrada em cena dos XE e XF 300 Sport com motor 2.0 de quatro cilindros turbo de 300 cv e tração integral, a marca britânica decidiu prescindir das variantes de topo equipadas com o motor a gasolina de seis cilindros com compressor de 381 cv.

Segundo disse à Autocar uma fonte da marca, as imposições legais das emissões de CO2 (com a entrada em vigor a 1 de setembro deste ano do novo ciclo de medições WLTP) e a fraca prestação comercial destas versões fazem com que não se justifique o investimento para tentar tornar possível a homologação do motor V6 à luz das novas normas. As novas versões permitirão ter um preço mais competitivo, além de serem mais “amigas do ambiente”.

Deixe uma resposta

*