Nova geração Kia Ceed desde 18.440 euros

View Gallery 6 photos

O novo Kia Ceed chegará primeiro com a versão de cinco portas, desde 18.440 euros no lançamento, para o 1.0 T-GDi SX.

O novo Kia Ceed, modelo do segmento C que se apresenta agora na terceira geração e que representa 24% das vendas da marca em Portugal, vai chegar ao mercado nacional durante o mês de julho, com dois níveis de equipamento (SX e TX) e quatro motorizações.

As motorizações presentes na gama portuguesa são as seguintes: na gama a gasolina, está disponível o três cilindros turbo 1.0 T-GDI com 120 cv e o novo motor “Kappa” de 1,4 litros T-GDi, que substitui o anterior 1,6 litros GDI, oferecendo 140 cv (mais 4% do que o seu antecessor) apesar da redução da cilindrada. Ambos os T-GDi estão equipados com um filtro de partículas de gasolina, que reduz as emissões de escape e garante que o novo Ceed vai além das norma Euro 6d TEMP.

Nos Diesel, a gama nacional conta com o novo 1.6 CRDi (com controlo ativo de emissões SCR – Redução Catalítica Seletiva, em duas versões de potência, uma com 115 cv e a outra com 136 cv.

Em Portugal, todos os motores estarão associados a uma caixa manual de seis velocidades, enquanto os novos motores T-GDi de 1,4 litros e CRDi de 1,6 litros estarão disponíveis também com a nova caixa de sete velocidades de dupla embraiagem da Kia (DCT).

Noutros países europeus, o Ceed está ainda disponível um motor 1,4 litros MPi (injeção multiponto) de 100 cv, com 134 Nm de binário.

Em termos de preços, a marca anuncia valores a partir de 18.440 euros para o 1.0 (nível de equipamento SX), graças a uma campanha promocional na fase de arranque do período de comercialização.

A motorização 1.0 T-GDi 120 cv TX será, contudo, a mais vendida. Confira os preços do Ceed:

Em termos de carroçarias, há novidades. Nesta terceira geração que os portugueses poderão encomendar em julho e relativamente à segunda geração, a marca deixa cair a versão de três portas.

O Ceed passa a ter uma variante de cinco portas (a primeira a ser comercializada). Em outubro, será a vez da Sportswagon (SW, a carrinha) completar a gama, com a SW a custar mais 1200 euros face ao hatch.

No quarto trimestre de 2018, está previsto o lançamento de uma shooting brake, circunstância que leva a que o construtor sul coreano a reinvidicar que é a primeira marca generalista a lançar no segmento C uma shooting brake (a CLA Shooting Brake é segmento C, mas premium).

Em 2019, o Ceed 1.4 T-GDi 140 cv estará disponível com a nova tecnologia “mild-hybrid” de 48 volts “EcoDynamics+” da Kia, o que potenciará menores emissões e consumos.

Para janeiro de 2019, está prevista a chegada do nível GT Line. Também uma versão GT com o 1.6 Turbo de 200 cv está agendada.

O diretor geral da Kia Portugal entende que “estamos perante a maior revolução operada pela Kia no segmento C, uma classe de importância vital para qualquer mercado europeu, incluindo o português”. João Seabra sublinha que “a nova geração Ceed introduz tecnologias nunca antes colocadas a bordo de um Kia, incluindo a condução autónoma de nivel 2, bem como uma nova plataforma e uma nova gama de motores, os mais limpos alguma vez produzidos pela marca e que respondem às exigentes normas que se preparam para entrar em vigor”.

O Ceed, com um estilo de arestas mais pronunciadas, silhueta mais atlética e a tradicional grelha dianteira “nariz de tigre”, assenta numa nova plataforma.

Construído sobre a nova plataforma “K2’ da Kia, o Ceed hatchback de cinco portas apresenta-se 20 mm mais largo (1800 mm) e 23 mm mais baixo (1447 mm) do que a geração anterior. A distância entre eixos permanece nos 2650 mm, tendo o vão dianteiro sido reduzido em 20 mm (para os 880 mm) e o traseiro prolongado em 20 mm (para os 780 mm).

A nova plataforma contribui para uma organização do espaço mais eficiente. A carroçaria mais ampla proporciona um maior espaço para os ombros no banco traseiro (que aumentou 34 mm, para os 1406 mm), enquanto o posicionamento rebaixado (16 mm) na parte traseira gera mais espaço para os joelhos e para as pernas dos passageiros dos bancos traseiros.

Apesar das dimensões semelhantes à geração anterior, o novo Ceed Hatchback de cinco portas oferece uma bagageira mais ampla, agora com 395 litros, mais 15 que na geração anterior (a carrinha garantirá 625 litros).

O novo Kia Ceed chega também com mais equipamento. A gama portuguesa é constituída pelos níveis de equipamento SX e TX, sendo que logo na base podem ser encontradas, de série, sistemas de segurança e apoio à condução, como sistema Alerta de Condutor, Alerta de Colisão Frontal, Assistente de Manutenção em Faixa de Rodagem, ou Faróis Máximos Automáticos, entre outros.

Comum aos dois patamares de equipamento são Bluetooth, ligação USB, cruise control com limitador de velocidade, ecrã touchscreen e luzes diurnas em LED, entre outros.

Duas notas: a primeira, o Kia Ceed é o primeiro carro do seu segmento a ser lançado com luzes DRL traseiras; a segunda, nesta terceira geração, a mudança inclui o novo formato de nome: cee’d passa a Ceed. Muda a grafia, mas mantém-se a mensagem – CEED traduz a filosofia Community of Europe, with European Design.

Deixe uma resposta

*