C-Max, S-Max, Galaxy e Mondeo com futuro incerto

A Ford pretende apostar nos SUV na Europa, o que poderá ditar o fim de alguns modelos.

A Ford quer mudar de estratégia na Europa, concentrando-se nos SUV. Atualmente a marca norte-americana comercializa “apenas” três modelos dessa tipologia, o Ecosport, Kuga e Edge. De acordo com a Automotive News Europe, a mudança de paradigma com a introdução de novos SUV poderá levar a Ford a descontinuar os monovolumes C-Max, S-Max e Galaxy e a berlina de topo Mondeo na Europa. Jim Farley, o responsável por mercados globais, admite também que a mudança dos gostos dos europeus e as margens de lucro curtas dos referidos modelos obrigarão a marca a cortar alguns produtos do Velho Continente. O CFO da marca, Bob Shanks, também admite que os monovolumes como o C-Max poderão ser sacrificados.

As vendas do C-Max (na imagem) caíram 18% na primeira metade deste ano, para 31.888 unidades. Outro modelo que poderá facilmente sair de cena é o Mondeo (que se chama Fusion nos EUA), segundo os responsáveis da Ford na Europa.

Deixe uma resposta

*